DOS LIVROS PERIGOSOS

Erudição e independência. Este estado foi o responsável pelo fim dos tempos. Não, não estou referindo-me ao conflito final na montanha de Tel Meggido, em Israel, escrito por João no livro do Apocalipse. Mas do tempo do cessar da longevidade dos romances; do termo final dos casamentos duradouros; além da cada vez mais crescente opção single de viver. Querem uma prova? Nove entre cada dez poesias escritas na blogosfera fazem alusão a fim de casos, romances impossíveis e nostalgias quase perpétuas. Ou seja, de certo modo, essas pessoas armam-se até os dentes de versos melancólicos com poderes equivalentes ao de um bombardeiro Stealth contra as novas oportunidades de romances, quiçá duradouros e felizes. Alguém aí pode replicar: "é só literatura". E eu não sei? Contudo, de tanto repetir no plenário do senado romano "delenda est Carthago", Catão acabou induzindo Roma a riscar para sempre a cidade de Cartago do mapa-mundi de então.

Afinal, o que mudou no amor? Dentre outros ingredientes, sobretudo o crescente estado de erudição e independência das mulheres, o qual surpreendeu os homens na mesma medida que a cavalaria do rei Creso, da antiga Lídia, foi apanhada de improviso ante o ardil da inédita camelaria criada pelo rei persa - e um dos meus ídolos - Ciro, o Grande. Esta condição, hoje, nas mulheres, aumenta em progressão geométrica, enquanto nos homens esta sucessão é aritmética. Por conseqüência, a seletividade de ambos os lados - também por outras razões, é claro - se acentuou. Desse modo, os motivos mais banais se prestam a por fim a promissores entretenimentos amorosos. Cogita uma mulher, no restaurante: "humm... esse cara tem mastigação demorada. Vou querer passar o resto dos meus dias olhando alguém mastigar desse jeito?" Do lado oposto da mesa, o homem também conjectura: "ela não tira os olhos da minha boca. Acaso eu vou agüentar viver toda a minha vida com uma mulher olhando para a minha boca?

No passado, a mulher sentia orgulho ao ver o homem lendo Nietzsche ou citar versos do poema medieval inglês Beowulf. Por sua vez, o homem achava gracioso que a sua mulher lesse livros água-com-açucar como Éramos Seis, da Sra. Leandro Dupré, ou, O Pequeno Príncipe, de Saint-Exupéry. Mas não se preparou para o reverso da situação: "Émile Zola? Humm... acaso será o nome de algum amiguinho? Deixarei a barba de molho!"

Há livros perigosos, capazes de transformarem corações e mentes. Outro dia, encontrei um antigo colega da faculdade em lamentos por causa de um encontro mal sucedido com uma garota, na noite anterior. Segundo ele, tudo por culpa de um tal de Foucault. De início, imaginei alguma tragédia, até perguntei se a moça chamava-se Desdêmona. Mas não era nada disso, ele contou que ao ser indagado sobre certo pêndulo desse dito Foucault, respondeu que só conhecia o pêndulo de Newton, por sinal até participara de uma experiência relativa a este nos tempos de colégio, e, querendo fazer charme, dissera ainda que através deste pêndulo, Isaac Newton demonstrara a conservação do momentum e da energia. Daí em diante, além de fazer muxoxo umas três vezes, a moça permaneceu desinteressada durante todo o resto do encontro. Percebam como livros realmente são capazes de impedir o florescimento do amor. Por certo a garota referia-se ao romance O Pêndulo de Foucault, de Umberto Eco. Se o colega fosse mais eclético em suas leituras e o tivesse lido de fato, a noite seria inesquecível. Por outro lado, supondo que a garota se interessasse por livros de Física, teria conhecimento que Léon Foucault (o tal do título do romance de Umberto Eco), assim como Newton, também era físico. Logo, ela saberia que o pêndulo de Foucault, no passado, demonstrara a rotação da Terra em relação a um referencial. De igual modo a noite seria maravilhosa, os dois ali, tomando martinis e colocando as cerejas um na boca do outro, enquanto falavam ardorosamente de momentum, energia, quasars, bem como se divertiriam escrevendo equações de Schrodinger nos guardanapos.

Um homem pode ler a coleção inteira de Virginia Woolf - se é que algum deles leu pelo menos um único exemplar -, e dez minutos depois tomar cerveja com os amigos, falando de futebol, completamente esquecido de toda aquela angústia e desfechos infelizes existentes nestes livros. Mas uma mulher, não! Além de tal leitura elevar-lhe à condição de um ente superior, sentimentais como são, tornam-se arredias a romances por considerar que os homens não compreendem a essência do seu âmago. Uma vez me deparei com uma dessas fanáticas por La Woolf, e ao dizer-lhe que gostava de Charles Dickens, ela respondeu: "Não é mau escritor. Li Oliver Twist quando tinha doze anos". Perceberam a fina ironia? Portanto, caro amigo, se você leu Dickens acima dos doze anos, não tem a menor chance de sucesso num flerte com uma garota desse tipo.
Numa dessas noites de fondue de queijo e vinho, juntamente com alguns amigos, elaboraramos uma tabela das reais probabilidades de um homem iniciar um romance com uma mulher, baseado nos autores lidos por ela. Os graus de dificuldade variam de zero a cinco; onde zero é o mais difícil e cinco corresponde ao mais fácil. Confira abaixo:


A independência feminina, por osmose ou não, aos poucos é absorvida pelo homem. Resta transpor a barreira da superioridade erudita do ex-sexo frágil, de modo que, todos, homens e mulheres, sejam felizes para sempre, ou pelo menos enquanto der. A propósito, querida amiga blogger, poetisa de rara inspiração, ao menos nesta semana, no seu post, abrace a velha causa lennon-mccartiana All We Need is Love, evitando escrever versos do tipo: "Cai a noite/ E no escritório em que trabalho/ De frente para os meus quatro diplomas de MBA/ Sou envolvida pela melancolia daquele antigo amor/..." ;o)

106 comentários:

Clarissa Barth disse...

Hahaha, adorei! Não imagino que exista outra mulher, além de mim, que passe uma noite maravilhosa discutindo momentum ou escrevendo equações de Schrodinger em guardanapos. Poucos homens encaram este tipo de diversão, também... mas na fantasia tudo é possível! Que bom te ler novamente. Beijo!

Mai disse...

(Estou rindo porque sou suspeita prá comentar) E acho interessante e complicado esse tema. O engraçado é que você conseguiu retratar com tanta fidelidade o problema que, falando sobre a complexidade do pensamento feminino, foi também complexo e tem até pesquisa...ao final, eu não consegui sintetizar (novidade!) Não saberia dizer se o que li foi um: -deixa disso, gente e vamos ser felizes... ou uma crítica à exigência crítica ou um cântico xamã para o retorno aos olhares ou uma apologia ao natural e simples ou, com ou sem melancias e abobrinhas, teu texto seria simplesmente uma inteligente tentativa de debate ao que tem estado denso e complexo no pensamento feminino ou nos textos femininos na blogosfera.
Mas sabe, Oliver, ouvindo homens e mulheres, diria que ambos se queixam das mesmas coisas.
Uma dificuldade de entendimento e falhas na comunicação vem empacando o fluxo natural ou a leveza do ser...
Não sei se seriam os livros ou o que se escreve ou a superficialidade de uns e a densidade de outros ou se cada um escreve sobre o que deseja ou se como agora neste comentário, sou eu que também estou levando muito a sério... Mas, por via das dúvidas, eu vou pedir prá mim, um 2010 sem mergulhos existenciais profundos.
Beijos.
P.S.
Li alguns da lista (risos)

São disse...

Meu amigo, permita dizer-lhe: os homens não apreciam mulhres inteligentes e cultas.

Um feliz 2010.

Zé do Cão disse...

Oliver. O melhor é levar "O cama sutra" debaixo do braço, não?

A minha querida amiga São, diz que os homens não apreciam mulheres inteligentes e cultas...
Alguns, alguns. Eu aprecio e muito, a minha é muito mais culta do que eu
e o Zé aprecia-a tanto que até a venera.

Novo Ano com muitos êxitos

Teté disse...

Hilariante, Oliver! Mas desconfio que eu e o maridão sejamos um pouco antiquados e não nos incluamos nessa descrição - nenhum de nós conseguiu ler o Pêndulo de Foucault!!! (embora tenha gostado bastante d' "O Nome da Rosa") :)))

Pronto, OK, se calhar não somos muito intelectuais, até gostei d' "O Alquimista" e adorei o "Princípezinho". Mas em termos de leituras, filmes ou músicas temos ambos preferências diferentes, daí nem vem mal ao mundo...

Curiosamente, suponho que hoje em dia as pessoas são mais selectivas num primeiro encontro, mais por medo de se desiludirem (once again?!), do que por ser verdadeiramente importante um ou outro tique do companheiro ou o desconhecimento sobre os escritores preferidos. Mas pronto, essa é só ideia que tenho das pessoas que conheço que vão a esses encontros, não é?

Beijocas e um FELIZ 2010 (em boas companhias)!!! :D

BlueVelvet disse...

Divino.
Morri de rir.
Mas não me parece que o fim dos amores de agora tenha a ver só com isso.
Tem sobretudo a ver com a intransigência de cada um.
Bom ler-te de novo.
Beijinhos e Bom Ano.

Tataahzinha disse...

Ri hidrelétricas!
:)
Boa colocação de palavras! :*
Estou de volta aqui no blog!
:*

gabriela rocha martins disse...

caríssimo Oliver

se ,por acaso ,a noite cair ,não lhe mexa ,não deixe que lhe toquem ,evite ,se possível aglomerados sobre ela e telefone ,no imediato ,para o INEM .pode ser que ainda se salve ( a noite ,claro!!!!!! )


-eheheheheheheheeh-




.
um beijo

gabriela rocha martins disse...

ah! desculpe

esqueci.me de desejar.lhe um belíssimo e equitativo 2010 ,mas ainda mais criativo ,se possível



.
outro beijo

Å®t Øf £övë disse...

Pickwick,
Na verdade nunca tinha feito esta ligação entre a literatura e as mulheres!!!
E olha que quase me convenceste que os livros podem fazer toda a diferença nas nossas relações com o sexo oposto...
Abraço.

disse...

Olá Oliver,

Bom voltar a ler-te...

Feliz 2010

Mto riso com os olhares para a mastigação e a boca...

Não acho que haja livros perigosos, apenas seres humanos mal preparados...

Prometo não escrever poesia melada mto menos viscosa...

lol...

©a! a noite de frente para os diplomas...
do melhor namorado...


Gostei mto

!nfinito beijinho

com senso disse...

Meu Deus, mas na verdade eu não tinha sequer imaginado que essa podia ser a raiz de muitos dos problemas dos casais e dos "quase-casais" de hoje.
Isto me dá saudades do tempo em que o mais profundo que as garotas do meu colegio conheciam era Janete Clair.
Depois sempre havia algumas que iam um pouco mais além e se interessavam por Jane Austin e pelas irmãs Bronte... Foram tempos bons!!!
Lendo com atenção o seu texto percebi agora as razões porque nunca consegui sair com Laurinha ou Matilde... Recordo que corria o boato de que elas foram apanhadas com o "Amante" de Duras na mão!!! E que uma delas, nunca se soube qual, tinha sido vista na Biblioteca manuseando o Trópico de Cancer de Miller...
Abri os olhos e percebi agora a razão de ser de muitas solidões, desencantos e separações....
Um abraço e um ótimo 2010!

heretico disse...

espero que a subtil ironia te salve das noites de pavor que tombam desses delicodoces e melancólicos poemas.

mas duvido! por cá costuma dizer-se "quanto mais me bates, mais gosto de ti..." rss

abraço.

BOM ANO

Mariazita disse...

Querido amigo Oliver
O seu texto está muito, mas mesmo muito, interessante, bem escrito e com muito humor - como de costume.
Mas... a análise do tema não é assim tão linear.
As uniões não resultam porque...
- O homem não suporta a superioridade intelectual da mulher (quando ela existe);
- O homem não suporta a independência económica da mulher;
- A mulher não atura mais infelidades do homem...
Etc., etc., etc....
A verdade é que a questão vem desde os primórdios da civilização.
Os quês e os porquês foram-se acumulando ao longo dos tempos, e um dia a bomba estoirou.
Mas qualquer dia remenda-se outra vez, e os casais passam a sr felizes para sempre!!!
É preciso manter acesa a chama da esperança :)))

Um 2010 luminoso, para si e todos os seus.

Beijinhos
Mariazita

Å®t Øf £övë disse...

Pickwick,
Desejo-te um bom resto de semana.
Abraço.

Nilson Barcelli disse...

Do humor à filosofia, da física ao amor, da literatura à psicologia, e de não sei quantos mais "da.. à...", vc abarca tudo num só texto. Fez-me lembrar a sopa de pedra, que tem tudo e é saborosíssima...
Aborda tantos temas que, todos comentados, daria textos maiores que o seu.
Parabéns. Mais um texto onde impera a excelência.
Abraço

Manuela disse...

Olá Amigo Oliver, achei o texto com passagens já parecidas com outro texto aqui escrito, ou estou enganada?
Quanto á literatura e as mulheres, isso também se poderá aplicar aos homens não?
Acho que por aqui em Portugal os homens que eu por exemplo nada queria com eles, teriam sempre um exemplar de "A Bola" debaixo de um braço e a Playboy no outro, ou seja "A Bola" como o nome indica é um jornal desportivo, e homens desses por aqui crescem como cogumelos.
Bom Ano para si e todos os seus visitantes e amigos.

Manuela

Olhos de mel disse...

Querido amigo; em verdade a diferença cultural muito grande, traz certos constrangimentos, mas eu ainda coloco o sentimento, acima de quaisquer diferenças. Essa sim, pra mim, é basica. A atração pra mim, nasce do carinho, amor, desejo. Tudo mais se resolve.
Adorei seu post! Realmente pra muitos esse é o principio do fim.
Bom fim de semana! Beijos

Anônimo disse...

Ludersex

Porno Flatrate Blog

Privat Sexcams

Anônimo disse...

Your blog keeps getting better and better! Your older articles are not as good as newer ones you have a lot more creativity and originality now keep it up!

f@ disse...

Oliver olá,

Tive de voltar a ler... que a minha cebecinha não presta para nada...

Boa semana

!
n
f
i
n
i
t
o

beijinho

Jorge Elias disse...

Grande Oliver, sempre desfiando seus textos criativos e inteligentes.
Sei que meu negócio é poesia mas tenho ensaiado alguns pequenos textos.
Dê uma passada no blog.
Forte abraço,

Jorge Elias

www.jeliasneto.blogspot.com

Artur Gonçalves Dias disse...

Bom voltar aqui
a este seu espaço
exíguo nos olhos
mas espalhado na memória


Saudações

sexwm disse...

Tudo sobre sexo, não se preocupe, é um blog com finalidades 100% contrutivas, sexo saudável é lá mesmo. Perguntas, dúvidas, questionamentos, críticas, ainda bem que existe o post anônimo, aproveite. Dê uma conferida, o blog está bem legal, vocÊ vai gostar. Afinal de contas quem não gosta de saber e falar sobre sexo?
www.sexwm.blogspot.com

Tony disse...

Não só é fantástico, como cai como uma luva para algumas pessoas que me seguem no twitter. Virou mensagem lá =).

O "erro" da independência é quando a criação / instrução que as pessoas vão adquirindo com o tempo as colocam em patamares de comparação, quando deveria fazê-las compreender em definitivo que aqui estamos não para nos comparar, mas sim para nos completar. Somamos isso ao machismo que tem origem nas mulheres [e tem gente que não acredita nisso, mas é fato!], cá estamos nessa "realidade" onde a personagem da vez tem que ser frustrada em algo: Ou no jogo [trabalhar, estudar, ser independente, ter filhos, todas essas ou só alguma das coisas], ou no amor [sofre por um, mas pega vários; depois pega um por ter sofrido com vários, e vice-versa no sexo do ser].

E isso dificilmente está nos livros de ler, ainda que seja facil de fazê-lo. Com os olhos da alma, com as mãos sensíveis da consciência, com o olfato singular da maturidade. Nenhum autor é tão fascinante quanto a própria vida.

Abraços!

paula disse...

Acho o teu post interessante e este é um tema q dava "pano para mangas"... Eu por exemplo considero q as pessoas estão cada vez mais desinteressantes e q no tempo dos nossos pais, era tudo bem mais simples. Contudo... prefiro viver os tempos actuais estes sim muito mais aliciantes!!
beijinho:)

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Guilherme,
Passando para dar sinal de vida. Eu volto.
Espero que estejas bem.
Beijos,
Renata

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Play it again, Pickwick! Até que enfim, um Homem fala sobre este verdade incômodo. Não agüento mais estas poesias/prosas *femininas* que acham que transformam o mundo, mas na verdade, o afundam. E não só de mulheres, meu querido.
Palavras têm poder, como você tão amorosamente mostra no seu belíssimo texto. Algumas são apenas intenção e morrem. Outras são gestos e fazem e refazem e mudam.
Você é um ser humano incrível. Um Homem admirável que luta pelo Amor*
Beijos*
Renata

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

FELICIDADE
Poema singelo da Renata para o Guilherme

É acordar e ver o sol
Sorrir com o arco-íris
Desenhar na areia um sorriso
Em forma de caracol.
Felicidade
É abraçar um amigo
Acariciar uma flor
É tomar banho de chuva
Em dia de muito calor
Ah, Felicidade
É dançar fora de hora
É cantar, desafinado, que seja
É ganhar um chocolate
De alguém que nos adora
Felicidade
É acreditar sempre na vitória
E se emocionar com cada fato
Da nossa própria história
Ah, Felicidade
É reconhecer que a vida
É o mais valioso presente
Laços de todas as cores
A envolver a vida da gente
E cada dia é um milagre
E o que vale a pena mesmo
É amar a vida
Simplesmente.

Beijos*

Ps: Publiquei um texto de Cora Coralina, em que esta fala "não sei se a vida é longa..." e, que essa questão era menor, que viver era preciso e por quê. Vieram os comentários sobre o tempo da vida. Um dizia, mais ou menos isto: *Tem que fazer a diferença, isso sim*. Costumo responder. Fui ao blog e vi o motivo da diferença. Citei o de um pouco conhecido ser humano de blog que via com os dedos, mas enxergava muito bem. Disse que ambos eram semelhantes, pois faziam a diferença. Dei-lhe os parabéns e os meus votos de que conseguisse realizar tudo o que desejasse. Fui delicada nas palavras, para não feri-la, mas citei um exemplo humano na tentativa de que ela sentisse a dimensão. Sei lá.

Felicidades!
Até mais*
Renata

São disse...

Para quando mais um interessante texto?

Boa semana, meu caro.

Casemiro dos Plásticos disse...

Sempre com bons post's meu caro, tenho de cá voltar para meter a leitura em ordem.

abraço, boa semana e bom ano!

Dauri Batisti disse...

Meu amigo, estou lendo este teu lindo texto entre uma atividade e outra. Vou indo, mas voltarei e lerei novamente. O que escreves sempre merece, no mínimo duas leituras, cuidadosas.

I will be back, rsrsrs.

Um abraço.

Cleo disse...

Oi Oliver! sei lá se existem livros perigosos, mas se tu dizes, então existem...rsrsrsrs. adorei muito ler este teu texto, refletir. não posso me afastar muito daqui não, aqui tem sabedoria, leveza, magia, conhecimento.
Te desejo um feliz 2010.
Beijos.
Cleo

Claudinha ੴ disse...

Hahaha, ah, eu estou mais para Wild Horses... A do rei a tabela. Sempre fui fanática por listas e comparações. Só tive um namoradinho (meu primeiro amor) que curtia as mesmas coisas que eu, depois disto... Bem, mas o bom é que livros perigosos à parte , homens e mulheres acabam se entendendo quando entra a química... Ah este assunto terrível (que eu leciono e é minha vida)e todos os seus mistérios universais... All we need is love sim!
Um beijo!

SAM disse...

Mas quem manda o cara sair com uma mulher e ficar falando sobre livros. Que chatos! Ambos. Namorei pouquíssimo, e nunca conversei sobre livros. Não tenho este hábito. Na vida conjugal, é habitual pedir e tecer comentários legais, ligeiros e sem debates. E também sou do tipo folgada. Outro dia, my love made in Paraiba trouxe um livro e pedi para que lesse e depois me contasse. Só que agora toda vez que compro livros ele dá de rir e dispara: mas é para você ler, heim?
´

Beijos, Oliver!

Mariazita disse...

Grata pela visita ao meu "Histórias" deixo um abraço e votos de bom fim de semana.

Beijinhos
Mariazita

Rosamaria disse...

Oi, cosquirídia!
Ando afastada, não posso ficar muito tempo na internet, só vim deixar um bjim, mas eu volto quando puder.
Bjim.

Nilson Barcelli disse...

Voltei, mas não há novo post...
Bom resto de semana.
Beijos.

Filoxera disse...

Eh, eh!
Muito sorri eu ao ler este post.
Gostei da ironia acutilante.
Beijos.

Isabel disse...

e tinha tanta saudade.....mas tanta....deste desfolhar de talento.



o meu abraço com beijo.




(imf.piano)

Å®t Øf £övë disse...

Pickwick,
Desejo-te um bom fds.
Abraço.

Olhos de Mel disse...

Querido conterrâneo; passei para lhe desejar um bom domingo! Beijos

Mai disse...

Vim só trazer 'bolinhos'...Interessante Umberto Eco figurar nessa lista. (tua página tá demorando a carregar) Beijos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Guilherme.
Obrigada pela visita.
Boa Semana.
Beijos Renata
Eu voltarei*

Lívia disse...

Hheheh, muito bom! Gostei muito do seu blog, vou seguir e sempre que puder venho dar uma lida =)
abs
Lívia

Sunshine disse...

Meu mt querido amigo .... sempre presente apesar da minha longa ausência :)

Perdoa este afastamento mas ando demasiado cansada da blogosfera para ser mais assidua, conto com a tua compreensão e sei (sinto) que a terei ...

Deixo beijos e abraços

PS: Tenho estado mais "virada" por assim dizer, para a fotografia que vou colocando num grupo "Fotomanyacos", onde participam mts brasileiros também, no momento andam por vários países, cerca de 30 fotos que rolam de endereço em endereço criando uma corrente de amizade ... uma actividade que me anima e mima, porque a resposta é quase no momento quando se faz o upload de fotos ... desculpa o "testamento" ... pena não teres endereço de mail ... :(

Tudo de bom para ti amigo de sempre ...

Anne disse...

Ahhh, adorei o texto, meu querido! Realmente, os casos amorosos estão cada vez mais complicados. Acho q além disso q vc falou, tb tem mto a ver com o fato de as pessoas nao quererem mais abrir mao da liberdade e de outras coisas para se relacionarem de verdade com alguém. Aliás, amei a tabela e ri mto com a legenda! Só vc mesmo!!!

Férias curtas? Q nada, ainda estou em ferias, mas já voltei de viagem! Trabalho só dia 1 de fevereiro, até lá ainda estou livre!

Bjos pra ti, bom te "ver" denovo!

O Sibarita disse...

Rapaaazzzzz...! kkkkkk Quer dizer que no blogger tem versos assim, é? "Cai a noite/ E no escritório em que trabalho/ De frente para os meus quatro diplomas de MBA/ Sou envolvida pela melancolia daquele antigo amor/..." Ai meu Deus lenhou! (Xiii, rimou! kkkkk)

Meu conterrâneo que língua ferina é essa? kkkkkkkkkkkkk

Ainda bem que não sou e nunca me achei poeta, escrevo por escrever e tão somente por isso, se não, agora até eu tava no balaio de gato! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Xiiiiiiii... kkkkk Oi coloquei minha barba de molho, vai lá que você se reta de vez e vira Catão? Heim, e agora? kkkkkkkkkk

Ai resolve riscar da NET-MUNDI o BLOGGER? Ai é mesmo que tocar fogo na babilônia, né não? kkkkk O que vou fazer? Alivie, lembre-se somos conterrâneos, viu? kkkkkkkkkkkkk

Ô meu Senhor do Bonfim tocai no coração do Oliver! kkkkkkkkkkkkkkk

Quer dizer que nove entre dez poesias postadas na blogosfera (ô nome pomposo! kkkk) falam do amor e suas dores, ô é? Vai ver que é porque o amor é amor, ou então, as pessoas tem tendência masoquista, né não? kkkkkkkk

Meu véio, só vou escrever agora em baianês, tá rebocado, piripicado, nada de falar de amor, lá eu sou besta? Baiano burro nasce morto, é ou não é? kkkkkkkkkkk

Quanto a cabeça, o universo de uma mulher é de lenhar mesmo! kkkkkkkk

Aliás, nós homens não entendemos nada delas, imagine que li um texto num blogue, (não, não é dos nove entre dez não! kkkk) que uma dona moça chamou um colega de trabalho para ir a uma festa, o cara se infatiotou todo e alarmou que lá ela tava querendo ele, foram para a tal festa, sabe o que aconteceu? kkkkk Ela ficou com o colega dele, ele foi a ponte para ela chegar até o felizardo, é mole? kkkkkk

Então, adentrar, entender o que se passa na cabeça de uma mulher é da um tiro no escuro! kkkkk

Oliver, excelente texto!

abraços,
O Sibarita

Nilson Barcelli disse...

Voltei para ver as novidades... mas não as há...
Bom fim de semana.
Abraço.

Barbara disse...

Yes!
All We Need is Love.
Façamos coleção de animaizinhos de estimação.
(Desculpe chegar assim com esse excesso de realismo ou sei lá o quê).

Dona Sra. Urtigão disse...

Sua bem humorada análise é perfeita como sempre.
Experimente postar algo com a palavra "amor" no título,e seu contador de visitas dispara. Mesmo quando o que voce escreve não esteja dentro da cena esperada, esta que voce descreve.
Abraço!

São disse...

Estamos em greve?

Beijinhos

Olhos de mel disse...

Querido conterrâneo; saudade dos seus contos, viu? Boa semana! Beijos

Mariazita disse...

Oi, Oliver
Como não há novidades deixo votos de uma semana feliz.

Beijinhos
Mariazita

Lu disse...

Oliver...
Um feliz 2010!

Essas moças de hoje esqueceram da culinária, é isso! Antigamente fazia-se um doce, e conquistava-se o moçoilo. Entre olhares tímidos e elogios, sobrava pouco tempo para debates intelectuais.( hahahahaha)

Se era a minha visita que faltava, para renovar a página, está liberado!-;)

beeeeeijo!


Beijos

Jaqueline Sales disse...

Não posso evitar de deixar aqui, ao invés de Uivooooossssssssss, sorrisos....

Você está, a cada dia que passa, mais interessante, querido.

BeijUivoooooooossssss da Loba

Rodrigues Bomfim disse...

Como sempre, show de bola teu escrito...Cara, vc deveria era estar deslanchando seu precioso talento, escrevendo para alguma revista, pois escreve muito bem.

Qndo me casei, e na mudança, eu arrumava na estante, "O Anticristo" de Nietzsche, entre outros títulos, minha mulher, se assustou pelo título e após folher e ler algumas linhas..queria que eu me desfizesse dele....Agora to lendo "Caim" de J.Saramago..Minha Ana fica olhando e dizendo, pô vc lê cada coisa!

Irmão, abração! Apareça,ok?

Clarissa Barth disse...

Passei prá deixar um beijo, porque andas SUMIDO! Beijo!

Manuela disse...

Amigo tem um presente para si no meu blog.
Deixo um carinho de amizade.
Bj
Manuela

http://www.simplesmentemanuela.com

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

OLHOS
A você, Guilherme, porque eu disse que voltaria e voltei. Reli e amei!

Olhos de rubros fogos, infernais,
Olhos que se enfeitiçam, feiticeiros,
Olhos que por instantes flamejais,
Olhos fortes, ferventes, fervilheiros...

Olhos de verde mar, mananciais,
Olhos que se deságuam, aguadeiros,
Olhos que por instantes marejais,
Olhos meigos, marinhos, marinheiros...

Olhos de magnetismos pessoais,
Olhos de paixões súbitas, fatais,
Olhos de amores cegos, verdadeiros...

Olhos que se fitaram, passageiros,
Olhos que se enxergaram por inteiro,
Olhos que não se viram nunca mais...

Beijos e felicidades sempre*
Rêruivinha*****************

Danielle Abadie disse...

Sou suspeita pra falar. Minha adolescencia inteira teve como cenário bibliotecas de todos os tipos. Me apaixonava por sessões diferentes de tempos em tempos. De filosofos a desconhecidos, de coisas que podia entender a coisas que jamais pude permear.
Cabe aqui comentar as influencias dos livros na vidas das pessoas. Pobre John Lennon, jamais vai saber o quando "O Apanhador no Campo de Centeios" foi importante peça em seu trágico fim.
Mas, bons livros não ajudam as pessoas apenas a refletir. Bons livros nos fazem evoluir.
Amei o post, como sempre. :)

Anônimo disse...

[u][b]Xrumer[/b][/u]

[b]Xrumer SEO Professionals

As Xrumer experts, we from been using [url=http://www.xrumer-seo.com]Xrumer[/url] for the benefit of a long fix things being what they are and remember how to harness the enormous power of Xrumer and go off it into a Spondulix machine.

We also yield the cheapest prices on the market. Many competitors devise cost 2x or square 3x and a end of the term 5x what we responsibility you. But we feel in providing great accommodation at a tearful affordable rate. The whole direct attention to of purchasing Xrumer blasts is because it is a cheaper variant to buying Xrumer. So we focusing to support that mental activity in recollection and afford you with the cheapest standing possible.

Not simply do we have the best prices but our turnaround heyday for the treatment of your Xrumer posting is super fast. We compel take your posting done ahead of you certain it.

We also provide you with a sated log of affluent posts on different forums. So that you can get the idea over the extent of yourself the power of Xrumer and how we get harnessed it to emoluments your site.[/b]


[b]Search Engine Optimization

Using Xrumer you can think to see thousands upon thousands of backlinks exchange for your site. Many of the forums that your Site you settle upon be posted on bear acute PageRank. Having your association on these sites can truly expropriate build up some top quality back links and as a matter of fact as well your Alexa Rating and Google PageRank rating owing to the roof.

This is making your instal more and more popular. And with this inflate in reputation as well as PageRank you can envisage to lead your site in effect filthy high-pitched in those Search Mechanism Results.
Traffic

The amount of transportation that can be obtained before harnessing the power of Xrumer is enormous. You are publishing your plat to tens of thousands of forums. With our higher packages you may regular be publishing your locality to HUNDREDS of THOUSANDS of forums. Ponder 1 post on a popular forum will almost always get 1000 or so views, with communicate 100 of those people visiting your site. Modern create tens of thousands of posts on in demand forums all getting 1000 views each. Your freight ordain go sometimes non-standard due to the roof.

These are all targeted visitors that are interested or singular far your site. Deem how innumerable sales or leads you can execute with this great figure up of targeted visitors. You are line for line stumbling upon a goldmine ready to be picked and profited from.

Remember, Traffic is Money.
[/b]

TRAVERSE B RECOVER YOUR CHEAPLY BLAST TODAY:


http://www.xrumer-seo.com

Manuela disse...

Bj, Boa semana.
Manuela

paula disse...

play it again, Pickwick!! ;)*****

heretico disse...

abraço

Jaime Piedade Valente disse...

Paulo Coelho é escritor? Julgava que vendia banha da cobra. Colocá-lo ao pé do Borges e do Conrad não lembra ao diabo!

Anônimo disse...

Confirmation Our Dastardly Prices at www.Pharmashack.com, The Authoritative [b][url=http://www.pharmashack.com]Online Chemist's boutique [/url][/b] To [url=http://www.pharmashack.com]Buy Viagra[/url] Online ! You Can also Conjecture Melancholy Deals When You [url=http://www.pharmashack.com/en/item/cialis.html]Buy Cialis[/url] and When You You [url=http://www.pharmashack.com/en/item/levitra.html]Buy Levitra[/url] Online. We Also Lead on a Mammoth Generic [url=http://www.pharmashack.com/en/item/phentermine.html]Phentermine[/url] On account of Your Victuals ! We Vend Cite marque [url=http://www.pharmashack.com/en/item/viagra.html]Viagra[/url] and Also [url=http://www.pharmashack.com/en/item/generic_viagra.html]Generic Viagra[/url] !

Manuela disse...

Amigo onde anda?
Está de férias ou doente ou sumiu de vez?
Beijo
Manuela

Gustavo disse...

Meu amigo lindo, você anda sumido... Tenho sentido falta de seus escritos.
Beijos

Olhos de Mel disse...

Meu querido amigo; tenho sentido falta de seus escritos.
Beijos

Anônimo disse...

Predilection casinos? weed excuse this unversed [url=http://www.realcazinoz.com]casino[/url] advisor and horseplay online casino games like slots, blackjack, roulette, baccarat and more at www.realcazinoz.com .
you can also intermingling for our untrained [url=http://freecasinogames2010.webs.com]casino[/url] orientate at http://freecasinogames2010.webs.com and outlive punishment dutiful spondulix !
another distinguishable [url=http://www.ttittancasino.com]casino spiele[/url] locality is www.ttittancasino.com , as opposed to of german gamblers, submit c be communicated on at authorization online casino bonus.

Mariazita disse...

Hoje não vou comentar. Voltarei para o fazer.
Esta passagem rapidinha é só para dizer que amanhã - agora já é amanhã :) - domingo, dia 14,
A CASA DA MARIQUINHAS
completa dois anos de vida.
Gostaria de contar com a tua presença. Tem presentinho para trazer...

Uma noite feliz.

Beijinhos
Mariazita

Rogs disse...

Que mistureba... Tu ta no atraso,né, Piquinique? ta precisando comer alguém. Mas ta no caminho, logo logo tu pegas uma assim, bem intelectual, e fode a cuca da moça... rsrs
abração, e desculpa o palavreado, ou melhor, sem desculpas, cansei de pedir desculpas, os amigos que me compreendam um pouco... rsrs

Casemiro dos Plásticos disse...

Texto sublime, parabéns!
abraço

Cristiana Fonseca disse...

Olá Oliver,
Vou ser redundante se disser? Texto fantástico. Fui mesmo.
È muito interessante ler teus textos, uma vez que vc consegue ser irreverente, sensato, romântico, jovial, literário etc..
Sinto que leio um texto de vários escritores brilhantes, mas na verdade é tudo de um único e brilhante escritor.
Beijos,
Cris

poio humano disse...

parabens pelo blogue

Anônimo disse...

free adult classifieds dating [url=http://loveepicentre.com/]internet dating sites[/url] bipolar dating http://loveepicentre.com/ dating site in usa

Cogu Cogumelo disse...

rara. que blog maravilhoso. estou rindo até agora por esse texto. me faz lembrar situações parecidas que já presenciei, tipo homem intelectual vs. mulher inculta. rsrs. (se não era pra achar graça peço perdão) ... visite meu blog também ( não é lá grande coisa mas ...) www.tocadocogumelo.blogspot.com
até mais amigo...

rouxinol de Bernardim disse...

Suprema erudição. Me curvo com respeito e admiração. A perfeição em estado puro!

paula disse...

hmmm... mas que silencio Pickwick... :(
Beijinhos

Grace Olsson disse...

Olvier, eue stive no Brasil, entre novembro e dezembro...e fui à Bahia..:Lembrei tanto de vc, acredita?
bjs e dias felizes, querido
graceolsson.com/blog

Rosamaria disse...

Saudade de ti, cara! Quando vais voltar?
Bjim.

Mai disse...

Você faz uma falta danada!
bjo

Mai disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mai disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lyra disse...

Olhem este sitio absolutamente delicioso para se desenhar, "desabafar" e descontrair :o)

Percebi que não é preciso sabermos desenhar bem para ilustrarmos ou "escrevermos" o que nos vai na alma através do desenho...E às vezes é bem mais fácil desenharmos o que nos vai na alma em..."silêncio"

E podem sempre adicionar o desenho ao vosso blog ou enviá-lo por e-mail a alguém.

www.sketchtag.com - visitem - vale mesmo a pena! Divirtam-se!


Até breve.

;O)

Lyra

São disse...

Está tudo bem? Espero sinceramente que sim!

Um abraço cheio de saudades.

pin gente disse...

caro oliver
começo por felicitá-lo na "progressão geométrica" versus "progressão aritmética"... muito bom!
passo para exupery e zola... ambos na minha carteira. posso até dizer que o principezinho e fanny arden me tocaram profundamente e não muito longes um do outro.
umberto eco sim... mas não cheguei a tocar o pêndulo, ficaria por newton.
woolf não ocupou lugar nas minhas estantes. já dickens ainda lá está!
o meu lado erudito talvez se fique pelo saber contemplar, demoradamente... nunca a mastigação mas porque não uma boca?
paulo coelho não me convence!


e adorei o teu texto, gato!
um abraço
luísa

Dona Sra. Urtigão disse...

Eu sumi, voltei, sumi de novo, estou aqui e voce onde anda ?
Puxa ! Sinto muita falta de encontrar inteligencia neste mundão! Voce nos abandonou porque não nos acha dignos de... ?
Acho que vou ao condado!

Dalinha Catunda disse...

Oi amigo,
Já li e reli seu texto, Passei muitas vezes por aqui gosto de ler seus escritos. Eu leio desde a folhinha do coração de Jesus a livros de Mitologia Grega Mas ainda não havia relacionado leituras a amores.
Um abraço carinhoso,
Dalinha

São disse...

Um abraço de saudades, muitas.

Laura disse...

Olá!
Estou de volta e imagina onde ...
Parabéns por manteres esta qualidade.
Bjssss

São disse...

Ainda que mal pergunte: quem o autorizou a nos abandonar?!

O meu abraço, desejando que tudo esteja bem consigo e sua família.

SMM disse...

Ótimo blog! se puder me visite, http://sindromemm.blogspot.com

bat_trash disse...

Que bom te ler! Ri, ri e ri!
Dor de amor não correspondido, amor unilateral, fim de relacionamento, de fato, é uma tônica constante a vagar pelo mundo das idéias, parece um remake do Mal do século. Eu já tenho uma dificuldade absurda de abordar esse tipo de tema.
Afinal, o que mudou no amor? Nada, apenas a falta de tolerância, e tenho lá minhas dúvidas se a erudição é responsável por esses desencontros. Não há livro e nem fórmula que ensine uma pessoa a ser tolerante com o Outro. Será que o grau de erudição influencia mesmo um encontro de duas pessoas? É plausível que uma pessoa culta e a outra analfabeta não consigam fluidez numa relação, mas troca de erudição num encontro? Nossa, que saco!
Dei boas risadas com sua crônica, Vida longa pro teu humor!
Beijos.

blastingcap disse...

~Melhor sitte, todos os produtos a 10$...ipod, iphone....

Site: http://apple.freebiejeebies.co.uk/290748

Como fazer: http://sacatugabc.blogspot.com/2010/06/tutorial-completo-para-receberes-ipods.html

MARNUNEFREI disse...

This will astonish you!
It`s in the interest of as all!

ZEITGEIST: ADDENDUM

Money as debt


Technological breakthrough


HydrogenCar

Magnetic energy

Electrolyzed water

Soladey eco

Bio washball

Solar Air Conditioning

Magnetic Motor

AMAZING!!

OZONATED WATER: CURE ANYTHING!

http://www.stoptherobbery.com/

Cancer is a fungus

ultraviolet light

Projecto Alexandra Solnado

Conversations with God website

Conversations with God

Project Camelot

Monatomic Gold

Dangerous to your health!

EXITOTOXINS

Monosodium glutamate (MSG)
Aluninum
Aspartame
Mercury


IMPORTANT TO WATCH

Flouride in water
Flouride Alert

Osmosis
Housetron

blastingcap disse...

Melhor site,todos os produtos a 10$...ipod, iphone....

Como fazer: http://sacatugabc.blogspot.com/2010/06/tutorial-completo-para-receberes-ipods.html

blastingcap disse...

Melhor site,todos os produtos a 10$...ipod, iphone....

Como fazer: http://sacatugabc.blogspot.com/2010/06/tutorial-completo-para-receberes-ipods.html

blastingcap disse...

Melhor site,todos os produtos a 10$...ipod, iphone....

Como fazer: http://sacatugabc.blogspot.com/2010/06/tutorial-completo-para-receberes-ipods.html

blastingcap disse...

Melhor site,todos os produtos a 10$...ipod, iphone....

Como fazer: http://sacatugabc.blogspot.com/2010/06/tutorial-completo-para-receberes-ipods.html

Moon Baby disse...

Você me fez pensar. Mas, acredito que vai concordar comigo em um aspecto, qual seja, ninguém consegue entender a alma feminina, nem mesmo a dita cuja. Estou inclusa nesta minha teoria.
Talvez os livros determinem o fator conquista, neste caso eu estaria cosntantemente sendo conquistada.
Talvez o que as mulheres esperem é um pouco mais de sentimentalismo e menos retórica?
No universo feminino, para conquistar um homem é fácil. Se não envolvermos tratados filosóficos.
O homem é mais simples, mais material, mais lógico, matemático.
Há de se tentar encontar o elo entre ambos.
Então, quem sabe, o amor aconteça.
Abraço

blastingcap disse...

Melhor site,todos os produtos a 10$...ipod, iphone....

Como fazer: http://sacatugabc.blogspot.com/2010/06/tutorial-completo-para-receberes-ipods.html

Beatrice A. disse...

Acesse o blog:
www.fashionanet.blogspot.com

Miosotis disse...

Só hoje, ao revisitar um texto sobre Amy Winehohouse, pude responder ao teu comentário (2008). Lamento! Escrevo menos.
Nem sequer tinha a certeza de encontrar-te por aqui...

Sorri com a temática deste post! E gosto particularmente da listagem feita de 'livros potencialmente perigosos' e do 'grau de dificuldade'.
(rsrs)

Sempre com um humor muito fino e apurado!

Só uma notinha: as mulheres no passado não liam só livros de 'água-com-açucar' :)
No Japão antigo, as mulheres já liam com seriedade e poetavam, mas para não 'desagradar' aos maridos, escreviam sob pseudónimo(s) masculino(s).

Foi um prazer reencontrar-te!
(bom saber que usas sofware livre)

Vieira Calado disse...

Interessante... e útil,

essa classificação!

Um abraço