É Cor-de-Rosa-Choque


R
etirado para futura publicação em livro.

96 comentários:

lua prateada disse...

Minha lua desceu
Veio visitar seu povo
Ela veio desejar-te
Um Feliz ANO-NOVO!!!

A ti ela deseja
Saúde, paz e amor
Ao mundo...
Que cesse a dor!...

Beijinho prateado com carinho
SOL

Simplesmente Manuela disse...

Também como tudo na vida, há a excessão á regra.
Aqui em casa é precisamente o oposto.
Quem leva os sacos sou eu e quem fica histérico quando se parte alguma coisa é ele.
Quanto ao Ziper, mesmo que se encravá-se tinha de me desenrascar sózinha.
Além disso não uso vestidos, só calças.
Enfim a sorte não é para todos.
Quem ama não escolhe.

obrigado pela visita no meu blog.
Já estou melhorzinha.
Foi cá um tombo, ia morrendo.
Mas também a vida é assim, de um momento para o outro podemos deixar de existir nesta dimensão.
Basta descer umas escadas.

Bom Fim de Ano.
Que Deus o proteja sempre.
Abraço

Manuela

SILÊNCIO CULPADO disse...

Querido amigo Pickwick você até pode ter razão nalguns aspectos agora que é um grande machão ah disso não tenho dúvidas.Não me revejo em nenhuma das cenas que me fala e não gosto do papel da mulher de dar cartas a partir da sua futilidade sensual.
Não amigo, Pickwick, se eu estivesse ao pé de si puxava-lhe as orelhas. Mas como não estou.... Perdoo-lhe tudo porque você é um grande escritor.

herético disse...

"Por conseguinte, convém observá-las, estudá-las, conhecer os seus hábitos..."

... e, sobretudo, vibrar com a música de um "ziper" a abrir-se.tens toda a razão...

abraço.

manuela disse...

______0___o__o__o0_0__o_o__0
_____0___o__o_o__0_0__o___o__0
____0_o___o___o__0_0___o___o__0
____00o0000o00o0o0_0o00o00oo0oo0
___o00o0o00000o000_00o0o00o0o00o0
___00000o000o000o0_000o000o0000o0
___0o00oo00o0o00o0__0000o0o0o00o00
___0o0o00000o00o0___000o0o0o0o0o00
____0o0o0000o0o0_____000o0o00o00o0
_____0000o0000________ 00o000o000
______0000000___________0000000
________00__________________00
_______00____________________00
______00______________________00
_____00_______TIM_TIM__________00
____00___FELIZ 2008______ _____ ___00
_000000________________________000000

Da Manuela

Jasmim disse...

há tantas respostas que não temos. o que importa é questionarmo-nos.
Gostei do teu texto. Sou mais cinzenta e preto; mas ainda bem que existe o rosa choque.

Carol Barcellos disse...

Receio que não há espaço aqui para a minha resposta, an-an...mas vou tentar resumir, hahaha :o>
1- O salto de um sapato faz com que nossa postura, ao andar, destaque o assunto do interesse de vcs homens. Sabemos disso...
2- Não ficamos horas conversando sobre saltos, fingimos que estamos conversando sobre isso qdo estamos perto de vcs, caso algum exemplar do sexo masculino tenha hormônios femininos a mais e saiba ler lábios. Ou vc pensava que as risadas e altas gargalhadas no meio da conversa eram por causa da marca dos sapatos? Hahahahaha!!! (risada maligna)
3- Com certeza, não queremos dominar o mundo, JÁ dominamos. É que somos discretas e vcs homens não percebem qdo começamos a exercer controle sobre suas mentes. E olha que nem precisa ser pessoalmente.
4- Mesmo sentimento qdo um filho fratura a perna, e quando um salto quebra? Hmmm, com esse pensamento canalha, vc provou que é homem mesmo! Seu conhecimento limitado sobre os tipos de desespero feminino provam que vc tem machismo nos glóbulos vermelhos. Não, não fique triste, pelo contrário, comemore: os "canalhas" estão em alta!!! Estão sendo objetos de estudo de várias de nossas pesquisadoras.
5- Vc conhece bastante do universo feminino, parabéns! Quem conquista realmente não é o homem, somos nós que escolhemos. E testamos....e fazemos vcs esperar, esperar e esperar, enquanto tentam chamar nossa atenção. No ínterim, observamos, e damos boas risadas das suas tentativas frustradas....claro, escutando My Funny Valentine, com uma taça de vinho tinto.
6- Reportando ao 5, sim, nesse momento escolhemos com que vestido vcs receberão o golpe fatal, sim, o momento que vcs nos verão produzidas para matar, e falarão "Vc está maravilhosa!", e nós rimos, pq sabemos q o problema n é falta de vocabulário, mas sim, a prova de que já estão sob o efeito da hipnose.
7- Como vc observou, as mulheres sabem desde cedo quem são as vítimas mais interessantes, por exemplo, a D. te designou para o ato de fechar o zíper, por perceber sua sensibilidade, mesmo que ainda desconhecida por vc mesmo) para o universo feminino.
8- Seria um prazer continuar escrevendo, mas não pretendo trair minha equipe revelando os indecifráveis enigmas do universo feminino. Bye, darling-querido...Zzzzzzzz
9- A luz se apaga, as cortinas se fecham, e vc continua olhando pelo binóculo por mais 10 segundos, e diz pra vc mesmo: Boa noite..., e parte com os faróis do carro apagados.
10- "Hmmm, pensou que eu n sabia q me vigiava, não é? Ótimo, vou deixá-lo pensar que não sei por mais algumas semanas..." - diz Conjunção de Astros para si mesma.

Bjs dcs crstlzds!!!

Maria José disse...

Hummm
Interessante. Não siu feminista nem machista, por isso tento ler tudo que tenha a ver com a dualidade homem/mulher, sobretudo de mente aberta. É claro que, não nego, há-de sempre haver parte significativa de mim que defende as mulheres, mas sempre na medida do razoável. E ao ler esta descrição, não deixei de concordar com as diferenças, as dúvidas, as certezas. No fundo, homens e mulheres são muito diferentes, o que não impede (muito pelo contrário contribui para) que consigam coexistir. Às vezes mais do que isso até, atingindo um grau de cumplicidade que só se alcança quando se tira o maior partido das diferenças.

* hemisfério norte disse...

ahahahaha
Vcs não compreendem mesmo as mulheres.Da primeira vez, sim era para fechar o fecho, mas das outras vezes........ era mesmo para vc ser atrevido, mas vc não entendeu. rsrsrsrs. Eu adoro o q vc escreve e vou linkar vc.
UM FELIZ ANO pr vc e pr o twist.
(my name is ana not alice)
a.

Sindarin disse...

Olá Oliver! 1º agradeço mto a sua visita depois devo dizer que este blog sobre "nada" é simplesmente magnífico, pelo conteúdo todo ele maravilhoso e vejam só alguém k fala sobre as mulheres como um ser não superior mas igual. Todos aprendemos uns com os outros e os homens são o elixir encantador que perfuma as nossas vidas. Amigo vou chamar-lhe assim porque gostaria de ser sua amiga adorei simplesmente vir aqui e voltarei isso é promessa por isso vou levar o link. Agora para você desejo al´+em de tudo um 2008 memorável cheio de paz amor saúde e harmonia e que você e tdos os seus tenham sempre o k sonharam. Mil e 1 beijinhos desta nova amiga k você conquistou Td de bom e um feliz 2008. Sindarin http://amoremimos.blogs.sapo.pt

Gata Verde disse...

Não faço parte desse grupo,porque desconfio que me falta o gene da moda...

Beijinhos e um FELIZ 2008!!

Olá!! disse...

Uma ternura esse menino de 8 anos e a D. com o seu vestidinho verde.
Agora que os dois cresceram, as coisas são diferentes...
As mulheres são cada vez mais independentes, por esse motivo os zippers nas costas já nem se colocam mais...
No meio de tudo isto, não há mulher que não aprecie ou recuse um bocadinho de romance, charme, humor e sedução, ou há???
Um beijo e que 2008 o leve ao encontre de inumeros zippers "avariados"

Luisa disse...

Li com imenso prazer esta tua deliciosa história da menina do Zip. Escreves bem, transmites bem, faz-nos sorrir.
Obrigada pelos votos de feliz Natal. Vão atrasados mas estes dias são sempre tão movimentados que não há tempo para vir ao computador.

Carol Barcellos disse...

Não pense que houve intenção dúbia: falar de sua sensibilidade para o univeso feminino foi mesmo um elogio, no meio de tantos "tapas". :0>
Vim dizer que sua resposta está no meu quadrinho de comentários lá no Rosa de Cristal. No entanto, uma resposta incompleta, deveras. Daqui a pouco, se tornará uma situação injusta a questão de um publicar e outro não. Prefiro que os dois publiquem...qtas riquezas deixei de colocar lá no meu quadrinho. Mas, confesso que de qualquer forma, é um prazer ler seus comentários. Estão me deixando inspirada para textos inéditos no ano que vem...

Bjks stlds dcs crtlzds!!!

GarçaReal disse...

Hoje faço uma passagem rápida para agradecer a tua agradável visita ao meu Lago.

Breve voltarei com mais calma para te ler como mereces.

Um Bom Ano de 2008 repleto de sonhos realizáves.

bjgrande e volta sempre

eTerNamenTeLu disse...

Ola Oliver.
É muito bom visitar-te aqui neste teu cantinho(tão cheio de tudo)onde nos delicias com as tuas histórias tão sábiamente "ilustradas" por ti.
Não sou de deixar grandes comentários,gosto de deixar especialmente o meu carinho áquelas pessoas de quem gosto, e nesse sentido deixo um enorme abraço e um beijo amigo....ca__ri__nho__sa__mente para ti!
Que o novo ano que nos bate à porta,te traga sobretudo muita paz,amor e luz que te lilumine para que consigas alcançar todas as realizações que mais desejas pessoal e profissionalmente.

Doce beijo

Lu

pin gente disse...

eheheh
ainda bem que mencionou o "pink"... não gosto nada de outros tons de rosa!
acertou num dos artigos que gosto, sapatos... mas, como eles não gostam de mim, de nada me adianta falar neles.
um abraço
luísa

SILÊNCIO CULPADO disse...

Pickwick
A terminar o ano de 2007 quero agradecer-te a pessoa que és e que me tem visitado e deixado mensagens de valor inestimável.
Que o Novo Ano de 2008 te traga tudo o que desejares
Beijinhos

AnaLua disse...

Ah, eu adorei esse texto! Confesso, adoro rosa chque!

Obrigada pelas visitas no meu blog, sempre tão simpáticas.

Aproveito pra lhe desejar um Feliz 2008, com muita criatividade e imaginação!!!

Bjuxxxx

[[cleo]] disse...

Pois é Oliver...
Elas são terríveis!
De mansinho
de mansinho
lá vão conseguindo
devagarinho
Ou não...
Levar a água ao seu moínho

Mas no fundo no fundo, eles até gostam de se saberem gostados, embora sabiamente manipulados por elas...
Como não existem mais espécies inteligentes neste planeta azul, ao qual estamos confinados, lá nos vamos entendendo, machos e femeas, sedutoras e seduzidos e vice-versa, ora jogando ao ataque, ora à defesa, mas sem nunca perder o controle do jogo, se isso acontecer, decerto que não será pacífico e outros valores se levantarão(ou deitarão por terra), mas isso é outra história...

Um Feliz 2008 e um beijo soprado deste lado do oceano

pin gente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pin gente disse...

olá oliver!
que pena eu tenho, o oliver não vê o meu blog... fica pela capa!
que tal um dia dar uma olhada para baixo?
o que vale é já falta pouco para 31 de dez. e, a partir daí, não farei mais post com datas futuras... eheheh

quanto aos sapatos, se quiser saber mais é só visitar-me em http://pin-gente.blogspot.com/2007/12/minha-relao-com-os-sapatos-posso-apelid.html

um abraço
luísa

Drica disse...

Feliz Ano Novo! Que 2008 seja um ano repleto de alegrias, realizações e sorrisos! Mtas felicidades! Beijão! Drica! :)

Fátima disse...

Olá amigo,

Que texto interessante... cor-de-rosa, vestidos, zíper, hum!
Obrigado pelo comentário no meu cantinho e por teres aceite o desafio, boas escolhas as tuas!

Desejo-te o melhor 2008 de sempre!

:-) Um beijo

Alma Nova disse...

Não, não creio que saibas a resposta! Ambas as situações envolvem sentimentos, esse que povoam a nossa vida e a tornam uma estrada agradável de trilhar.
As Mulheres são apenas Seres Humanos, tal como os Homens. Sensíveis e prontas a deixar que o amor as invada...assim encontrem alguém que as entenda e que não tenha medo de sentir.
Um Bom Ano de 2008 para ti.

Cöllyßry disse...

Neste virar de Ano…
Que se rasgue a venda do olhar
E seja mostrado o caminho
Para a Eternidade...

E...Te desejo

As pedras que atrapalham o caminho
Sejam varridas de vez
E possas caminhar sem sobressaltos…

Doce meu beijo

AcidoCloridrix disse...

Mr Picwick era um bar no Estoril não era???? Ou ainda existe??? Aqui venho desejar que em 2008 dês muitas cambalhotas, e boas,,, com muito prazer e amor,,, e desfrutes tudo de bom,,, pois se tal conseguires é sinal que tb terás saúde a rodos,,,,,, HCL

Rain disse...

FELIZ 2008 amigo!!!
Um beijinho!!

(que o mundo seja inteiramente controlado pelas mulheres ainda sou capaz de concordar, agora que seja cor-de-rosa, e ainda por cima choque... é que já é no mínimo discutível!!! ;) )

Alice Matos disse...

Amei o teu texto... lê-se de um só trago...

Passei para deixar um beijo muito grande…
…e desejar um 2008 cheio de coisas boas… daquelas que nos ajudam a crescer como gente…

Sol da meia noite disse...

As voltas da vida... A vida dá voltas... ;)

Um Bom Ano Novo de 2008!
Cheio de sonhos, de esperanças...

Xi-coração

eTerNamenTeLu disse...

Percebi sim querido.Obrigada Oliver,pelo teu carinho e pela tua gentileza.É incrivel como atraves de poucas palavras minhas tu consegues captar tão bem a minha personalidade.Obrigada por continuares a visitar-me.
Feliz Ano Novo.

doce beijo

Lu

A Lei da Rolha disse...

Passei por este magnífico espaço para te desejar as melhores entradas neste novo ano que se aproxima!

Blue Velvet disse...

Querido Oliver,
como eu não sou uma, somos duas, tenho um lado de mulher independente que vai fundo em tudo o que quer, mas tenho um lado de mulher frágil que adora que o homem lhe abra a porta do carro, lhe dê flores, e que a trate como um frágil cristal.
Mas só quem me desembrulha percebe isso.
Você já descobriu há muito tempo que, de facto, a mulher é um bichinho muito especial e que é preciso desembrulhá-las para as perceber.
Não é só nisso que está o seu mérito. Está também na forma perfeita como o descreve e escreve.
Quanto a ouvir sinos passionais, que importa quando os ouvimos ou com quem?
Importa que toquem, não é mesmo?
Ah, por coincidência a minha cor de paixão, é o rosa, seja bébé, rosa chá ou rosa choque e o som do correr de um zipper faz - me sonhar.
Parabéns mais uma vez, pela forma como escreve e como pensa.
Beijinhos

PS: Deixei-lhe um presente, para si e para tio Josias no Bluevelvet

Adriana disse...

quero lhe desejar um 2008 maravilhoso cheio de realizações

bjsssssssss

gabriela r martins disse...

deixo.me
ficar
em silêncio

e
leio.te

com saudade
das palavras
roubadas
aos duendes

.

até 2008
feiticeiro/
/de (n)oz

.
.

um beijo

Gi disse...

O teu texto é gracioso , esbocei um sorriso uma série de vezes e, se bem que não esteja completamente de acordo com a visão que tens do mundo no "feminino", é inegável a qualidade da escrita. Tenho estado ausente das caixas de comentários (até da minha) queimei uns deditos há uns dias e eescrever temsido tarefa difícil, não podia contudo deixar passar o ano sem retribuír a gentileza das tuas visitas, dos teus comentários e da tua estima .

Obrigada por tudo isso. Fica um beijo e os votos para que o 2008 seja recheado de coisas boas, seja aquilo que fôr que consideres "boas" :)


Já agora porque se falou em fecho éclair deixo-te como presente de Natal atrasado um poema de António gedeão, o meu amor primeiro na poesia, tinha eu 12 anos. Deu origem a uma canção e é uma graça, espero que não conheças. Vê só

Filipe II
tinha um colar de oiro
tinha um colar de oiro
com pedras rubis.
Cingia a cintura
com cinto de coiro,
com fivela de oiro,
olho de perdiz

Comia num prato
de prata lavrada
girafa trufada,
rissóis de serpente.
O copo era um gomo
que em flor desabrocha,
de cristal de rocha
do mais transparente.

Andava nas salas
forradas de Arrás,
com panos por cima,
pela frente e por trás.
Tapetes flamengos,
combates de galos,
alões e podengos,
falcões e cavalos.

Dormia na cama
de prata maciça
com dossel de lhama
de franja roliça.
Na mesa do canto
vermelho damasco
a tíbia de um santo
guardada num frasco.

Foi dono da terra,
foi senhor do mundo,
nada lhe faltava,
Filipe Segundo.
Tinha oiro e prata,
pedras nunca vistas,
safira, topázios,
rubis, ametistas.

Tinha tudo, tudo
sem peso nem conta,
bragas de veludo,
peliças de lontra.
Um homem tão grande
tem tudo o que quer.
O que ele não tinha
era um fecho éclair

(tinha que esperar até ao séc. XIX se quisesse ter um mas enfim pelo menos aos 8 anos não tinha os porblemas que tu tiveste... )


Beijinhos

Gerlane disse...

Sou suspeitíssima, mas, vou falar mesmo assim: adorei o teu texto! Como sempre, essa dosagem de humor e sensibilidade é muito equilibrada.
Mais uma vez, um feliz 2008 pra ti!

Beijos carinhosos!

Jorge Elias disse...

Prezado Oliver,

Cheguei a seu Blog através de seu comentário na Gi.
Sou seu vizinho, falo-te do Espirito Santo.
Volto sempre,

Um abraço e um feliz 2008.

JEN

Andreia do Flautim disse...

Bom ano!

RedLightSpecial disse...

O nosso caminho é feito pelos nossos próprios passos... mas a beleza da caminhada depende dos que vão conosco. Que em 2008 possamos caminhar mais e mais juntos por esta blogosfera, em busca de nossos sonhos, com muita PAZ, SAÚDE, COMPREENSÃO, AMOR E... PAIXÃO!.
FELIZ 2008!

Luís Galego disse...

Portanto, meus caros amigos homens, aceitem com resignação que o mundo é cor-de-rosa, ou melhor, cor-de-rosa-choque e inteiramente controlado pelas mulheres. Elas tem esse poder.

ainda assim continuo a preferir a paridade...é mais saudável!!!

Madalena Barranco disse...

Ah, Oliver, que fofo!!!! Rosa é minha cor preferida e eu adorei seu texto tão gentil para as mulheres e... Você tem razão quando fala do salto quebrado de um sapato, apenas faltou acrescentar o drama de uma unha quebrada - heheh! Feliz ano novo amigo e escritor de quem virei fã! AH, e quanto às minhas personagens fui em quem as criei, ou melhor dizendo: foram elas que pularam do mundo da fantasia para meu escritório e decidiram habitar meu blog... Quanto aos desenhos são simples avatares de um "maker's dolls", que eu utilizo para dar formas e caras às personagens com alguns toques no photoshop. Beijos de ano novo!!!!!!

O Sibarita disse...

Meu camarada desejo-lhe e a sua família um 2008 repleto de paz, bondade, felicidade, compreensão e plenas realizações!

abraços,
O Sibarita

O Sentir dos sentidos disse...

Olá Oliver,

Cada vez que fazemos uma leitura sua, percebemos o quanto és possuidor de uma sensibilidade e grande visão deste "nosso mundo cor de rosa"...é bem verdade que adoramos sapatos, vestidos, perfumes e adereços que nos permita sentirmos irresistíveis...rss; Mas pega leve meu camaradinha, não passamos todo o nosso precioso tempo tricotando vaidades não viu?
E voce está certo, por mais que nossa vida passe por fases descolorida, ou tingida de cinzas sentimentos, nosso íntimo é mesmo cor de rosa...ROSA CHOQUE!
Quanto a matemática da vida...apesar de não fazer uso constante da razão...,logo eu???(que me perdoe o meu amigo R. Descartes);... a precisão dos aconteceres nos mostra à todo momento que TUDO à nossa volta é regido pela matemática pura.

Obrigada por sua visita e volte sempre, pois é sempre muito bom "tomar um cafezinho com voce ou mesmo comer um bom panettone né?"rss.
FELIZ 2008.

Beijo,

Luisa disse...

Obrigada pela visita e pelos votos. Que tudo corra bem para ti neste novo ano.

PoesiaMGD disse...

Um bom ano novo, pleno de felicidade.
Um abraço

Flavinha disse...

Feliz Ano Novo, moço!!

Ounnn... tá bonito o negócio por aqui... gostei... e por falar em bonito, vou usar aqui, com relação ao seu post, uma frase do meu irmão que acho muito certa - apesar de ser mulher: "não se deve questionar os porquês de seres que sangram todos os meses durante cindo dias e não morrem"...

Ó, tô de blog novo: http://sabe-de-uma-coisa.blogspot.com, depois corrija direitinho seu link ,pois o blog antigo não existe mais, embora eu tenha carregado toda a vizinhança comigo (rsrs)...

Beijo!

Anônimo disse...

meu amigo! aqui em portugal já estamos em 2008 :) te desejo boas entradas e brindo contigo ao amor ,paz e saúde . deixo uma mensagem de ano novo

______0___o__o__o0_0__o_o__0
_____0___o__o_o__0_0__o___o__0
____0_o___o___o__0_0___o___o__0
____00o0000o00o0o0_0o00o00oo0oo0
___o00o0o00000o000_00o0o00o0o00o0
___00000o000o000o0_000o000o0000o0
___0o00oo00o0o00o0__0000o0o0o00o00
___0o0o00000o00o0___000o0o0o0o0o00
____0o0o0000o0o0_____000o0o00o00o0
_____0000o0000________ 00o000o000
______0000000___________0000000
________00__________________00
_______00____________________00
______00______________________00
_____00_______TIM_TIM__________00
____00___FELIZ 2008______ _____ ___00
_000000________________________000000
E que sejas muito feliz
bjo
carla granja

Grace Olsson disse...

O quê posso eu falar de seu texto...apesar de não ter muito as futilidades em discorrer sobre sapatos. Se bem que os uso como uma peça mais para cobrir um corpo que nada mais é do que o invólucro do meu ser. Mas você escreve com maestria, com o fôlego de gato de sete vidas e os passa a idéia de fazermos parte de seus relatos.
Fico a me imaginar sendo ora VC, ora sendo D. E fico confusa e uso de sinceridade em te falar que não sei de que lado estaria.
Apenas vc que viveu as emoções narradas. Viveu emoções que consegue, apesar do tempo, narrá-las com descrição de uma Clarice Lispector, um Jorge Amado ou quem você queira ser.
Mas, se eu fosse homem, abriria o vestido de uma mulher com mais cuidado.Assim como eu abro freneticamente o zíper da calça de um homem que se chama L* e compartilha comigo os dias que nem sempre são tão amenos...Mas com pura poesia e zelo.

Feliz 2008

Grace OLsson
www.eueorenascerdascinzas.blogspot.com


P.S.:Seu blog está sendo uma grande surpresa neste ano que começa agora e desejo que sejas para ti um bálsamo inspirador.

Grace Olsson disse...

O quê posso eu falar de seu texto...apesar de não ter muito as futilidades em discorrer sobre sapatos. Se bem que os uso como uma peça mais para cobrir um corpo que nada mais é do que o invólucro do meu ser. Mas você escreve com maestria, com o fôlego de gato de sete vidas e os passa a idéia de fazermos parte de seus relatos.
Fico a me imaginar sendo ora VC, ora sendo D. E fico confusa e uso de sinceridade em te falar que não sei de que lado estaria.
Apenas vc que viveu as emoções narradas. Viveu emoções que consegue, apesar do tempo, narrá-las com descrição de uma Clarice Lispector, um Jorge Amado ou quem você queira ser.
Mas, se eu fosse homem, abriria o vestido de uma mulher com mais cuidado.Assim como eu abro freneticamente o zíper da calça de um homem que se chama L* e compartilha comigo os dias que nem sempre são tão amenos...Mas com pura poesia e zelo.

Feliz 2008

Grace OLsson
www.eueorenascerdascinzas.blogspot.com


P.S.:Seu blog está sendo uma grande surpresa neste ano que começa agora e desejo que sejas para ti um bálsamo inspirador.

efeneto disse...

“Voltarei quando puder cientes que irão esperar.
Claro, os amigos sempre esperam...
Então meus amigos, até...”
Foi aquilo que escrevi antes de sair. Agora escrevo…
Voltei…não sei por quanto tempo mas voltei.
Tenho pela frente um trabalho. Um árduo mas gratificante trabalho, que é fazer a visita que se impõe. Voltarei com o tempo que merece.

paula disse...

Oliver,
Acho este post delicioso. Acho mesmo que todos os meninos e meninsa de oito anos deveriam ter memórias assim...
Quanto à tua visão feminina, é melhor não generalizares... há mulheres que adoram sapatos, mas também tens as que gostam de malas e as que se perdem por um belo par de calças, ou por um simpples top preto. E tens as que gostam de tudo isto e de outras coisas também... enfim, tu sabes.
Beijinho e excelente 2008 :))

Carol Barcellos disse...

Passei pra dizer: Hey, sweet...
Bjs dcs crtlzds!

Sil disse...

Em primeiro lugar, muito obrigada pela visita a meu blog e tuas palavras muito atencisoas.
Bem, claro que a curiosidade me trouxe atá o teu blog que achei sensacional.
Vou lê-lo aos poucos, ok?
Por este primeiro que li, já vi que vou me tornar leitora assídua.
UM Feliz 2008 para ti!

A Túlipa disse...

Um feliz 2008 pra ti =]

Com tudo o que desejas

'

su disse...

Um blog com todo o estilo!! :))

Eterna dúvida sobre quem realmente comanda o quê...na realidade o mais ideal apesar de utópico seria uma verdadeira igualdade na reflexão e acção dos seres vivos racionais, baseada na justiça, firmeza e conciliação!
A propósito deste teu post recordei-me de um livro: O CÁLICE E A ESPADA de Riane Eisler, uma espécie de arqueóloga. Muito bom!

:)

Feliz Ano Novo e beijinhos aqui da Teia.

Maria Laura disse...

Voltei e, claro, podia lá deixar de vir aqui! Depois de ler e me rir um bocado, desejo-te um 2008 com muitos fechos e aberturas (de ziper, claro) !!! :))

M. disse...

Delicioso, delicioso! Um prazer ler-te.
Bom ano, com muitos zipers.

Jorge Elias disse...

Olá Oliver,

Voltei para agradecer a visita.
Sobre o seu texto, só tenho a dizer - coisa de médico - que a razão de tantas compras efetuadas pelas mulheres é que assim elas aumentam a reserva de endorfina!
Um abraço,

JEN

Rosamaria disse...

Amei teu post, Mr Pickwick!

A D. ia sempre com aquele vestido para ter a sensação que tinha quando fechavas o zíper.
Meu marido agora que se deu conta que o mundo é mandado pelas mulheres, especialmente pela nossa neta Maria Antônia. A casa foi pintada de cor de rosa por 'ordem' dela.

Oliver, tenha muitos zíperes para abrir ou fechar este ano, causando sensações que só nós, as mulheres, podemos sentir.
Bjim.

Paula Crespo disse...

Dear Mr. Pickwick,
Com que então, destilando charme para cima do mundo feminino...
Quanto ao estilo, nada mais há a acrescentar: bem escrito, como sempre!
O cor-de-rosa choque (já o dizia Rita Lee, creio)tem os seus poderes, de facto, mas o todo é feito das duas metades, não acha?...
Beijos e boa semana!

GarçaReal disse...

Bem, como o prometido hoje vim com mais calma ler este belo texto.

Partes interessantes, outras nem tanto, como as que repotem certa futilidade ao comportamento feminino.

De qualquer modo tive que sorrir e achar que

Vale a pena ser mulher

Voltarei

bjgrande

Sunshine disse...

Olá Oliver, é um verdadeiro gentlemen, obrigado pela sua preocupação. Mas a ausência do Condado não foi provocada por viagem, por certo escolheria uma visita ao Condado e ao seu Senhor, mas sim por motivos de saúde.

Ainda assim agora que li bem seu texto, acho o conhecimento que tem das mulheres e de alguns dos seus fetiches uma coisa rara num homem o que prova que realmente é um gentlemen. Embora nem todas sejam iguais.

As minhas desculpas pela ausência, virei sempre que puder e penso que serei sempre bem recebida.

Deixo um beijo e o desejo de um Ano Novo cheio de TUDO, and let de sunshine.

Até sexta-feira ....

isabel mendes ferreira disse...

excelente o texto....


(afinal tu sabes muito...:))


que o sol brilhe. sim. dentro de ti.


____________beijo. grato.

gabriela r martins disse...

leio.te

releio.te

e

fico

na dúvida

.

acaso

admiro

acaso

rejeito?

difícil

resposta

quando

o próprio

autor

não

se

reconhece

no

sim

e

no

não


enganei.me?


é natural .sou vítima do meu sexo em princípio de ano novo


.

um beijo
(eheheheheheeheheh )

efeneto disse...

Pois é. Cá estou.
Em relação ao seu texto não vou dizer nada. Sublinho apenas isto **Na minha inocência de menino de oito anos, jamais poderia conjecturar que alguns anos depois o ato contrário de fechar o zíper de um vestido feminino, isto é, abri-lo, também seria motivo de verdadeira euforia.**
Para o comentar iria repetir muita coisa que aqui foi dita...se misturar tudo e expremer bem irá sair o que penso.
Mas eu não vim aqui em vão. Primeiro agradecer o recado, o seu recado via "torpedo" de alguém, a amizade é isso mesmo, lembrar quem está presente mas principalmente quem está ausente, fiquei extremamente sensibilizado com o seu gesto, apesar que vindo de quem vem torna-se normal,eu apenas estranho por não estar habituado. Apenas lhe digo OBRIGADO.
Mas eu não vim aqui em vão.
A sua maneira de escrever. Um leitor mais distraido chega a este seu espaço e pensa..."ena pá,tanta coisa, o homem está doido, ele deve pensar que o pessoal vai ler isto tudo, vou mas é deixar um abraço e sair daqui"
Pois é. Quem fizer isto não sabe o que perde. A fluidez da sua escrita, a cativação em cada frase, a maneira directa e inteligente com que expõe as suas ideias e a pitada de humor que coloca no sitio certo, faz com que a sua escrita se torne deliciosa.
Pois é.
Mas eu não vim aqui em vão.
Vim também agradecer a sua fidelidade ao meu "Grito".
Vim lhe dar um abraço e dizer que na certa virei novamente ler os seus textos. Apesar de lermos tudo, fica ainda muito por descobrir nas entrelinhas.
Um abraço.

Olhos de mel disse...

Oie conterrâneo lindo! Mais um post excelente! Sua escrita me prende... Difícil dizer qual dos dois. Porque o ato de fechar, naquela idade, tinha a sensação de abrir, hoje. Complicado dizer.
Beijos

Um Momento disse...

Belo texto!
Deveras interessante
E a resposta... também nao sei...:)

Feliz 2008!!!!
Com tudo de MUITO BOM

Beijo sorridente... em ti
(*)

Som Do Silêncio © disse...

Olá Oliver,
Um texto interessante, mas discordo de várias coisas sobre as mulhere (não fosse eu uma lol)
Deixo um beijo e desejos de um ano pleno de realizações :)

sonhadora disse...

Gostei da tua visão sobrenatural sobre as mulheres... :)!

Concordo que nós somos mais poderosas... mas nem sempre somos nós as conquistadoras... muitas vezes somos as conquistadas! Calhando é melhor assim... existe mais equilíbrio!

Bom ano 2008 :)!
Gostei de conhecer o teu blog :)!

Bridget Jones disse...

Carissimo Doutor Oliver:

A superioridade feminina é um fato.

Vim avisar que estamos quase de volta de nossas ferias e te desejar um feliz ano novo. Sua colaboração em nosso consultório é sempre de grande valia!

jupyhollanda disse...

Oliver,

Este texto deveria se chamar " Aquele zíper verde...". Incrível perceber que os seres humanos são diferentes, homemxmulher, mas também muuuuito iguais.

Quem te garante que D, não saia para brincar naquele vestido verde só de propósito para que o zíper se abrisse e ela pudesse pedir que vc o levantasse novamente. Quem sabe ela também não estivesse descobrindo sensações com o toque das suas mãos na cintura dela enquanto o "fecho èclair" quebrado fazia "vruuum" para cima...

Quantas vezes D. não deve ter corrido e feito esforço para que o danado se abrisse para que vc pudesse fechá-lo?...

De qq forma, tudo tem 2 faces e o mundo de cor de rosa pode ser vermelho, preto, azul, amarelo ou verde... quem sabe nem mesmo furta cor?

Enfim... Feliz 2008!

Bjo

Ju

Sah disse...

Olá Mr. Pickwick!

Deu até vontade de ter um vestido verde..rs..Sabe por que? Pq essa sua lembrança de infância me sugirou confiança. E como é bom confiar em alguém, não?!

Um grande abraço e um 2008 recheado de boas histórias, gargalhadas, cores e os melhores sons para vc, Guilherme!

Agradeço seus votos de mais vida plena! Sempre cabem mais coisas boas em nossa bagagem, e ainda tenho muito espaço na minha!rs...
Bjos!


Sah

Lais Mouriê disse...

Oliver, adorei a história. Lembranças tão importantes devem mesmo ser eternizadas pelas letras. E sendo mulher, adorei ainda mais! rsrsrs

Bjos, querido!

maria josé quintela disse...

delicioso e cheio de sabedoria, o teu texto.
sorrio-te :)))

Laura disse...

Delicioso texto.
Adoro o som do zip...e sou pink mas também red, e há dias de um azul....Deve ser a complexidade das mulheres que te fascina.
Belíssimo blog masculino! Boa descoberta a minha.
Feliz Ano Novo!
Beijos

Gabriele Fidalgo disse...

Li tudo com um sorriso no rosto, Oliver.
Não preciso nem dizer que está escrito de uma maneira que prende a atenção do leitor do começo ao fim.
Gosto muito de histórias assim. Detalhes casuais que podem ser considerados passionais também.

Adorei meeesmo!!

Obrigada pelos comentários sempre tão gentis.Você acertou no que comentou no meu blog ontem. Ando escrevendo mesmo com 'o sangue que já foi derramado e que agora tinge minhas cartas declarando virada de mesa.' haha

Beijos.

http://paixoeseencantos.blogs.sapo.pt disse...

☆*´¨`*☆.¸¸.☆*´¨`*☆.¸¸.☆*´¨`*☆.¸¸.☆*´¨`*☆
passando para te ler e para dizer que tou há tua espera :)
bjo
carla granja

Carol Barcellos disse...

Amanhã, se não me engano, é dia de post, não é? Aguardo ansiosa. Estava aqui lendo um comentário seu lá no meu blog, com a graça de sempre, e ri mais ainda, qdo me veio uma rápida retrospectiva na mente. Vc escreve tão bem, que fui atraída ao seu blog, qdo estava no blog da Utzi, que virou Nuvem. Eu tinha que ler todos os comentários do Oliver Pickwick, mas como ainda era meio ignorante no universo "bloguístico", não sabia que clicando no teu nome, eu acabaria aqui, no melhor blog sobre a sua intensidade.
Um dia qualquer, resolvi postar um poema meu chamado "Lua crescente", e vc me confundiu com a Utzi, hahaha...Eu fiquei super feliz, claro, pq ser comparada a ela é um privilégio. Eu admiro muito o talento dela, sou frequentadora fiel da Nuvem!!!
Mas hj estava pensando se vc gostou da Lua crescente por ela ser tão....Twilight, é acho o poema tem esse sabor.

Estou ansiosíssima para ler o novo post!

Beijos de cristal rosado!!!

Luíza disse...

olá olá. Não abandonei nada não, sabe como é fim de ano neh.. aliás, que 2008 seja um ano maravilhoso pra ti!
Beijãoooo

Mila disse...

To de volta na area!!!!
Aproveito pra por as visitas em dia e desejar um ano sensacional!!!
Beijos Mila
Ps... se papai noel resolveu me procurar em Londrina lascou... to de volta em casa... ai ai ai... hehehehe

Silvia disse...

Olá, Oliver!!!
vim aqui agradecer seu comentário, e me deparo com este escritor fantástico. Seus Textos são maravilhosos. agora arranjei um lugar para uma boa leitura. Você tem o dom de levar a gente junto com você em cada vírgula. Sua página é muito charmosa, aceite-me como sua fã, estarei aqui sempre pra ver o seu trabalho.
Adorei muito...(será que vc é o único homem que sabe o significado dos sapatos?) rsrsrs
a história do Zíper me emocionou, é intensa.
:) bjs

manuela disse...

Ó Oliver, ou melhor Guilherme.
Eu não posso colocar no meu blog principal musicas pesadas, assim ninguém lá ia.
E o Peter Gabriel coloquei mais a Kate Bush porque foi para dar seguimento ao meu tema.
Os Celtas.
A Kate Bush como é meia Celta lembrei-me de colocar um video dela.
E eu não disse que não gostava de outro tipo de música, eu gosto de todos o tipos de música desde que seja o que eu considero de qualidade, menos de Jazz.
Se quiser vá ver o meu blog de música que esse é que está pesadíssimo hoje.
;)

:)

Beijinho

Manuela *

efeneto disse...

Já respondi ao seu comentario no meu "Grito". Como é sexta-feira volto logo. Abraço.
(atenção á caixa de email's.)

efeneto disse...

Sinto-me no lado oposto da palavra
diante de um posfácio por escrever
de um livro em branco
cheio de poemas indizíveis.
É como se estivesse no outro lado da alma
ou como se eu e ela fôssemos agora
e não antes nem depois
- e no entanto somos há tanto tempo –
num tempo sem tempo
nesta ponta do universo
onde nem sempre escrevemos Amor.
Garatujo palavras para quê
se belo é a música
e tudo o que me rodeia
Poesia para quê
se ela está aí... sem palavras.

Mas é com palavras que voltei
e com palavras lhe desejo um
óptimo fim de semana
na companhia de quem mais desejar.
Bom 2008

rui disse...

Olá Guilherme

Simplesmente fantástico!
Este conto está o máximo!
Também adorei a música.

Grande abraço

Claudinha disse...

Olá! Um belo post, mas eu sou meio do contra. Embora ame , endeuse sapatos,principalmente os clássicos, eu não sou capaz de manter uma conversa sobre eles e roupas. Se vejo a mulherada falando disto, saio fora.
Mas o universo feminino é mesmo encantador, reconheço. Mais encantador é ver a inocência de um menino, contada com maestria, ser deturpada assim por um ziper, ou por hormônios oi pela famigerada mulher!
Adorei o texto, beijo!

un dress disse...

pra começar...sapatos...pra mim definem uma fatia considerável da personalidade masculina!

ali assim imediato, ao alcance dos olhos!! hehehehe :)

depois, os homens são filhos das mulheres...logo a dependência é natural...nada de novo...heheheh (riso2!) :)


e pra terminar, desejo-te um ano redOndO 2008, e, sim, povoado de fechos, de zipers...!!! :)

de preferência que não avariem no pior momento...sobretudo ao abrIR! :)



riso4 :))

Anne disse...

Ahhhh, mas que coisa mais fofa, meu querido!!! Adorei esse texto, tão bem escrito e tão fofinho...rs. Amo sapatos, mas dificilmente converso mais do q 5 min sobre eles. Sou meio ET mesmo, pq não sou chegada em fazer compras e no shopping sou mais a praça de alimentação e o cinema...rsrsrs.

Achei mto fofo o modo de vc contar essa história. Tão singelo! Adoro a forma como vc escreve sobre essas coisas de homens e mulheres, fica divertido e mto interessante de se ler!

Bjossss

Cris disse...

Por isso não provoque!!!
É cor-de-rosa-choque!!!!!!!!!

Bendita Rita Lee, não achas?

Beijos cor de rosa, meu querido OL...conta as estrelas, sempre...

SF disse...

Oliver, que história linda! :)

Sim... sou doida por malas e sapatos; acrescentava perfumes à lista.
Não... não me lembro do meu primeiro 'amor' - apenas do meu último.
Sim... quase morri quando parti o salto das botas novas.
Não... não temos (eu, pelo menos) a pretensão de dominar o mundo.
Sim... os papéis sociais de cada um estão perfeitamente definidos.
E sim... amei este blog. :)

Obrigada pelas visitas e pelos comentários deliciosos como só os teus. O meu espaço é teu!

Beijinhos e fica bem, num ano de 2008 super :)

Å®t Øf £övë disse...

Pickwick,
Nunca percebi como é que as mulheres se dão entre si. Nunca consigo imaginar o que dizem. Nunca soube porque é que se olham como se olham, nem porque é que vão sempre aos pares para a casa de banho!!!
As mulheres são sempre um problema...
Nós até podemos ter graça, mas somos muito mais básicos do que elas.
Abraço.

Mary West disse...

São poucos os que possuem essa consciencia na verdade. Vcs admiram a gente e a gente admira vcs, eu pelo menos sempre idolatrei o sexo masculino e todo seu poder bruto mesmo, irracional, a vida é tão simples para os machos não é verdade? =*

Vera disse...

Imagino que saibas que as mulheres (pelo menos uma boa parte) não são assim tão fúteis! E não me imagino a falar de sapatos com uma amiga, se há tantos assuntos bem mais interessantes!
Um texto muito "macho", mas terrivelmente bem escrito!

:)

Beijinhos

ternura disse...

Por acaso eu não gosto de sapatos, assim como não tenho pachorra para shoppings, serei eu anormal?
Não me parece.
Beijoca.

Å®t Øf £övë disse...

Pickwick,
Esta semana não tivemos direito a sermos contemplados com um novo conto?
Abraço.