Bom Dia, Sr. Cavalo! - Parte 1


R
etirado para futura publicação em livro.

111 comentários:

su disse...

Por falar em Almas Gêmeas lembro-me logo de Laura Esquivel e alguns outros autores.
De verdade que se encontram constelações inteiras nos olhos de quem se ama e de quem nos ama! :)
Não conhecia esse ditado do cumprimento a cavalo quando se fala demais...mas é sempre interessante conhecer novos ditados e provérbios. Acabam sempre por reflectir hábitos, modos de pensar de diferentes culturas ou povoações.
O que mais de fantástico há num olhar é, muitas vezes, a intensidade que ele transmite que faz parecer encerrar dentro de si o valor da própria eternidade. O coração não aguenta tanta borboleta no estomâgo dando voltas e mais voltas...daí aquela sensação de taquicárdia...digo eu! Isto a cada um serve de cada maneira!
Muito bem escrito, meu ilustre prosador! :)) Os meus parabéns!

P.S. Eu sabia que jacaré é o mesmo que crocodilo! Jás abes sabes o que são lágrimas de crocodilo...ou de jacaré?!

Beijinhos grandes e lusitanos aqui da Teia.

Carol Barcellos disse...

Pra falar a verdade, acho o cavalo um animal muito bonito, e gostaria muito de saber andar de cavalo tão bem quanto as índias, ou as míticas mulheres guerreiras. E gostaria de sair correndo entre árvores e trilhas e montanhas com um lindo cavalo preto de crinas brancas ou um cavalo marrom de crinas brancas ou loiras. Apesar de não entender nada sobre como se cuida de cavalos, e não ter o menor jeito, eu me vejo nessa cena, chegando ao anoitecer numa solitária cachoeira....ihhh, não ia caber aqui a cena, é melhor logo escrever um livro.
Bem, por conta dos maus-tratos que vejo fazerem com cavalos, burrinhos, e outros eqüinos, costumo olhar bem nos olhinhos deles e dizer oi, quando passo por eles. É o meu modo de dizer: Querido, não gosto do que estão fazendo com vc.
Ai, é de fato, uma confissão ridícula, mas quem é que não faz algo que parece coisa de maluco?
Mudando de pólo, olhos claros são a coisa mais linda do mundo, mas eu não gostaria de ter. Confio no poder das minhas pérolas negras: elas já atraíram pérolas da mesma cor, como também belas esmeraldas! Convencida, né? Deus me livre...jamais!
Como último tópico, hahaha, gostaria de dizer que vc me deixa em estado de ebulição qdo vem com "parte 1", e eu fico fervendo de curiosidade até ler a "parte 2". Aguardo ansiosamente!!!

Beijos de cristal!!!
P.S. Amo comentários longos no meu blog! Ah, mas vc já sabe disso, vc é um ardoroso observador dos hábitos femininos.

manuela disse...

Aqui em Portugal se você cá vivesse diziam assim:"O que tu queres sei eu..." Que agora anda muito na moda.
E para dizer a verdade já tive uns olhos bem azuis perdidos pelos meus castanhos.
Agora tenho uns verdinhos que é a minha cara metade.
E sempre que podemos mandamos faíscas de um para o outro todos os dias.
E já lá vão 21 anos de faíscadas.
Ah e em Portugal toda a gente sabe que Jacaré é o mesmo que Crocodilo mas mais pequeno no tamanho e nos Estados Unidos é Aligator que é o mesmo que Jacaré ou Crocodilo.
Ihihih.

Beijinhos cá deste lado do Atlântico, que está frio p´ra catano ou ´p´ra caramba se quiser tradução.
Hoje estou sarcástica...MUHAHahahah
:))

Manuela

Sunshine disse...

Pois é Oliver, sexta-feira e cá estou para ver seu novo post, mas, há sempre um mas, é muito longo e já estou caindo de sono, amanhã voltarei e comentarei como merece ...
Enquanto isso fico "... observando o cintilar de estrelas, nos olhos das suas almas gêmeas..." bela frase esta, faz pensar num mundo de estrelas nos olhos de quem se ama ...

Bjs ... Sr do Condado... até amanhã....

Chama Violeta disse...

Mais uma vez um ótimo texto...Fico aqui a pensar, pensar...
Amigo, após um período de descanso, mereço também né...passei para desejar-te um ótimo e iluminado 2008!Muita paz, amor, saúde e mais ótimos textos!
Fica bem e jinhos bem ternos...

Å®t Øf £övë disse...

Pickwick,
Nós temos dois ouvidos, dois olhos, e apenas uma boca, por alguma razão.
Não será porque devemos observar, e ouvir, mais do que falar?
Eu penso que sim, porque ao fazermos isso conseguimos conhecer muito melhor quem "habita" o mesmo espaço físico que nós. Com isso nós conseguimos sempre tirar algum proveito. A mim parece-me que é isso que está a acontecer aqui.
Há que saber ser inteligente.
Abraço.

Liz disse...

Visitando blogs e mais blogs pra tentar pegar boas idéias e melhorar o meu, vi o teu! Muito bom, se quiser visitar o meu seras bem-vindo também!

Blue Velvet disse...

UAU, Mr. Pickwick, Vocelência hoje esmerou-se!
Estava a lê-lo e a sentir o gostinho do algodão doce e o cheirinho de pipoca no ar...Yes...
E depois, sempre me perdi em olhos claros. Azuis ou verdes, tanto faz, mergulho neles de cabeça.
Quando você faz a gracinha de escrever em duas partes ( acho que vou pegar esse hábito para ganhar mais leitores :))fico sempre imaginando o final, e desconfio que sei porque cumprimentou o cavalo.
Sim, porque cumprimentou, não é mesmo?
Ficarei olhando as estrelas, mesmo sem alma gémea.
Quem sabe seu tio Janjão está certo, e um dia o lago seca?
Beijinhos e veludinhos

Flávia disse...

Sua avó era uma sábia.

Essa história de dar bom dia a cavalo anda de mãos dadas com aquela que nos lembra sobre a acidental e indigesta deglutição de moscas quando se passa muito tempo com a boca inadivertidamente aberta...

Beijo!

Maria José disse...

Aguardo a continuação da viagem ao tempo em que uns olhos azuis de outro mundo, lançaram feitiço em Mr. Picwick.

E por acaso cumprimento os animais. Aliás, acabam por retribuir-me mais do que muita gente com quem me cruzo!

Ana Fernandes disse...

ah.. não da pra passar correndo no teu blog uehuehe
teus textos são sempre grandes.
E bons, que é a melhor parte uehuehueh

Grace Olsson disse...

OLiver,


pensando em cavalo, lembro-me da minha infância e do meu avô paterno. E a imagem que tenho dele é e fazendo bater continência para o cavalo. e NAQUELAS ÉPOCAS, REMOTA-ME A MENTE EM DIREÇÃO À primeira vez em que cavalguei num cavalo.Sinto saudades dessa época.
PUro romantismo que gostaria de voltar a viver.
Aqui an Su[ecia, o marido para para ver corridas de cavalo. E eu do lado. Por que adoro esse animal.
BFsemana. Esperoa segunda parte do texto e ai, sim, farei um resumo e direi o que há mais de algo em comum entre seus textos e o meu viver.

BFsemana

Rafeiro Perfumado disse...

A um cavalo não, mas cumprimento regularmente outras espécies!

* hemisfério norte disse...

Adoro andar a cavalo. rsrrsrs
Porém nunca cumprimenei nenhum. Algum dia ele me cumprimentou? - Não! NUNCA! Aquele acenar com a cabeça era uma advertência: Se puxares muito por mim atiro-te ao chão.
-
Don Corleone???? Ainda vou ver O PADRINHO IV.
-
Já perguntou ao Twist se ele rouba comentários?
-
A S. era mesmo danadinha.
-
Aguardo o próximo episódio.
bjs
a.

Anne disse...

Bom, meu querido...eu bem que gostaria de seguir o seu conselho de observar o cintilar de estrelas, mas como ainda não encontrei a minha alma gêmea, vou me contentar em olhar as luzes noturnas, ou a lua...por hora apenas espero o dia em que poderei finalmente fazer isso!

Adorei o texto, mas tu sabe que me mata de ansiedade com essa coisa de dividir em 5375735735 partes!!! Pelamor, fica feito novela que a gete tem que ficar esperando pra saber o que acontece...não sou mto boa em esperar, viu??? rsrsrs.

Ainda estou em férias, mas passei pq tava com saudade de ler os seus textos! Beijos, meu querido!

lua prateada disse...

Oi Oliver e então o 2007 já lá ficou e o 208 como está ficando?Espero que ele te traga tudo o que mais ânseias.Obrigada pela visita
Beijinho prateado e iluminado lá da minha lua
SOL

Carol Barcellos disse...

Hahaha, vc deixou as mulheres loucas com essa divisão em parte 1 e 2. Imagino as boas risadas que vc deve dar qto vem ler os comentários. Se bem que não sei como é o seu estilo de risada, mas a imaginar pelos teus olhos verdes, deve ser aquele risinho malicioso no canto da boca...
Passei pra deixar um beijo, e te desejar um fim de semana excelente, com muitas estrelas no céu. De cristal, é claro.
Agora deixe-me voltar para as montanhas... :o>

Pensamentos Ocultos disse...

Que Giro :D por acaso nunca me aconteceu cruzar-me com um cavalo :DD

Abraços.

Feliz 2008 !

Carla Costeira disse...

Olá Oliver,

Tive imenso prazer em conhecer a sua escrita, pois, escreve verdadeiramente bem! PARABÉNS!!!
Fico a aguardar pela parte II.
Até lá, espero que se faça muita luz, quando se cruzarem os olhares entre si a sua amada!!!
Beijinhos :)

Alma Nova disse...

Deixa-me que te diga que os cavalos são, dos animais terrestres, uns dos que mais aprecio pois acho-lhes um porte e uma sensibilidade fora do comum.
Quanto aos teus comentários, são sempre bem-vindos e devidamente apreciados.
Em relação à S., ...fico à espera do florescer do que em ti brotou tão espontâneo...e contemplo, sempre que posso, esse cintilar das estrelas.
Um abraço.

Olá!! disse...

Nunca cumprimentei um cavalo na rua, mas diáriamente cumprimento vários "burros" e, claro, todos os amiguinhos do meu cão...

Fico aqui presa nas tuas narrativas e em suspense pela continuação... isto não é justo...

Beijo enorme

Outonodesconhecido disse...

quem em dera ter aqui aminha alma gémea para olhar para ela. MAs ela se foi... nem sempre ficcamos com as nossas almas gémeas. E o pior é que depois de as termos encontrado, tudo o retso é insignificante.
Bem sobre cavalos, adoro-os e acho que podem faalr, eua dorava ver "Ed - o cavalo que fala".

Casemiro dos Plásticos disse...

tu escrteves muito bem, gostei deste texto e espero que a 2ªparte seja melhor.
até um abraço e bom ano.
p.s. sabes o meu blog fala da realidade portuguesa critic-a mas vais perceber a pouco e pouco que é um país de doidos mas no fundo somos todos boas pessoas ou não lol

herético disse...

como o jacaré (do lago) fico de dente afiado. suspenso das tuas deambulações de "borboleta" - salvo seja! - ante os reflectores.

(aqui para nós, que ninguém nos ouve, confesso-me um pouco "voyerista" rss)

abraços

Gerlane disse...

Menino, viajei no tempo!
Fui criada no interior e, adorava montar a cavalo. Levei um monte de tombos! Mas, adorava! Tanto que, é um único animal que me inspira a pintá-lo.
Ah! A calça jeans Levi, ih! Era tirando-a do corpo e lavando-a pra vesti-la de novo.
Boas recordações me trouxe esse teu texto!
Bom resto de fim de semana pra ti!

Beijos!

O Profeta disse...

Olá amigo gostei da parte um, fico à espera da parte 2...


E a viagem começa
Sem rumo nem distância
Serei timoneiro de alva barca
Pelo rumo da tua lembrança

Mar de sonhos mil
Oceano de tanta contradição
A ternura invade o caminho
Que leva ao teu coração


Bom fim de semana


Abraço

Liz disse...

Hoje vim para ler o teu...e li muitooo, você escreve bem! Parabéns! Estou até curiosa pra ver como vai ficar essa historia da moça que provocar calafrios, taquicardia...nossa coisas do coração, né!
Mas colega so quem vive aqui na França pra saber e entender o "por que" do preconceito dos franceses contra os imigrantes vagabundos, o que nao se refere a nos brasileiros, isso eu te garanto! E outra, ja viu o tamanhinho da França, para o nosso gigantesco Brasil, nem se compara, né?!

Paula Crespo disse...

Dear Mr. Pickwick,
Jacaré...crocodilo... bom, não vou bater mais no ceguinho (este provérbio é nosso mesmo, não sei se algum dos seus tios também o usa :-)
Aguardo pela 2ª parte da sua história.
Bjs e boa semana!

Gata Verde disse...

Esperando ansiosa pelo final...

Beijinhos e bom fds

Morena disse...

Nossa quero saber como terminaaaaaaa!!!
Obrigada pelo recado no meu blog! E desulpa a demora p responder! tava viajando!
bjokas

BANDEIRAS disse...

Garotão,

Estamos esperando a segunda parte, ansiosas.
bjs

M. disse...

Texto requintado, como é seu hábito.

BANDEIRAS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
BANDEIRAS disse...

Somos um grupo de amigos e amigas, mas no comment anterior me referia a todos seus leitores,
um bj.

Maria Laura disse...

Nova história e, ainda por cima, mete parentes sábios, olhos azuis e falar com cavalos. Estou cá caída, pois claro! Para ver como vão cintilar essas faíscas dos olhos azuis... :)

Cris disse...

Aguardo a segunda parte!
Continuas fixo nas estrelas... contas sempre?

Um beijo de estrela.

Carol Barcellos disse...

"Até parece que já voamos juntos." Lembrei de vc qdo fui visitar o blog "Voas comigo?", e acredito que um homem de coração poeta como vc, vai gostar, com certeza.

Outra coisa: todo o bando feminino está ansioso pela parte 2. Eu acho o máximo isso, de vc saber mexer om o público feminino. Oliver, oliver, darling-querido, vc não é fácil!!!

Beijinhos de cristal!

SAM disse...

Como vai, Oliver?


Estou adorando ler seus textos. Bom, minha simpatia e pouca visão quase me obrigam a comprimentar todos, até mesmo um cavalo ( que adoro). Lembrei-me quando minha mãe me levava em criança ao oftalmo e passávamos perto de uma mulher de papelão (propaganda da Kodak) e minha mãe sempre a comprimentava rsrsrs.

Aguardo o prosseguimento...

* Ah, acertou em cheio! Amo a cor azul turquesa e também a pedra.

Abraço

Sol da meia noite disse...

Interessante o que por aqui escreves...
Fico a aguardar o desenlace...

Até lá, um xi-coração

Manu disse...

Interessante este post.
Vai ver o meu dominio.
Vou voltar.
Xau.

Cöllyßry disse...

Antigamente todos se comprimentavam
hoje em dia nem por isso...

Almas gemeas, nunca entendi bem isso...

Amigo...doce meu beijo

Olhos de Mel disse...

Oie meu amigo lindo! Tenho sentido sua falta por lá. Some não viu?
Seus contos, viu? Cheios de mistérios e doçura... Adoro sua escrita... vou aguardar ansiosamente o final. Onde passou o ano? Eu passei em Jauá. Foi legal.
Beijos

efeneto disse...

Soberbo.
Narrativa deliciosa...
Comento no fim pois vem surpreza pela certa.
Abraço.

Rosamaria disse...

Deixe estar, jacaré, a lagoa um dia há de secar e tu vais escrever tuas histórias de uma vez só pra não nos deixar nessa expectativa!

Bjim, cosquirídia! Boa semana pra ti.

Zé do Cão disse...

Belo texto. Gostei imenso.

Som do Silêncio disse...

É fantástico o que escreves e como escreves!
Obrigada pelas palavras que deixaste no meu canto :) Fez-me bem ler!

Bjs

Claudia Perotti disse...

Um belo texto! Aliás como todos os outros!

Gostei do:"fiquem observando o cintilar de estrelas, nos olhos das suas almas gêmeas!"

Perfeito!

Beijinhossssssssssss

Crítica e denúncia disse...

Menino Pic como vai? Nem me fales nestas histórias de alma gêmea, foi no passado, agora só quero ler os teus contos e os de blogueiros inteligentes como tu e curtir minhas netas. Agora... se tu me chamas de mentirosa !!!!!!! rsrsrsrsrs Pipoca e luzes para ti, diretamente das selvas de Sherwood para chacotear meu amigo Pic deixando um grande abraço.
Alda Inacio

nut/rocha martins disse...

prefiro o cintilar das estrelas em outros olhos que não os gémeos ... essa promiscuidade familiar ,não dá ,caríssimo Oliver!!!!!eheheheheeh

.
.

e esta sua mania de deixar.nos em estado de permanete ansiedade também não dá ,caríssimo Oliver!
ihihihihihihhi

.
.

fica vexa doravante proibido de partidarizar os seus escritos .assim não dá ,caríssimo Oliver!
ohohohohohohoh

.
.

amanhã espero.o no virar da esquina ,ou também não dá ,caríssimo Oliver?
uiuiuuiui


um beijo
( salpicado de estrelas )

Whispers in night disse...

Ola lindo!
Bem ja encontrei alguns cavalo na rua , so que sao cavalo de duas patas:)))
estou de volta e vi te visitar depois volto para te ler melhor
Que este ano esteja a ser o melhor dos melhores na tua vida
mil beijos
Whispers

Drica disse...

nossa fiquei curiosa para saber a continuação da história, hehehehe!
Q 2008 seja maravilhoso pra vc! bjão! :)

São disse...

De regresso, vim dar meu voto de feliz 2008, embrulhado no meu abraço, caro amigo!

vero disse...

Olá Oliver, venho agradecer a tua amável visita ao meu blog, espero "ver-te" por lá mais vezes!!! Beijinhos e um Bom Ano 2008 ***

Estava Perdida no Mar disse...

Oi meu querido. Feliz 2008 pra vc. Obrigada por cada comentário no meu blog. Adoro.
Beijos

Um Momento disse...

Hum...
Simplesmente é bom ler-te
E quanto aos comentários, eu pessoalmente gosto imenso :)))
Já agora ás vezes desaparecem tb porque o blogger anda meio"parvo" e não os faz entrar e daí termos que tentar e voltar a tentar vezes sem conta para o enviar( tarda nada estás a dizer para eu ir cumprimentar o cavalo)
( sorrindo!!!)
E já agora... muito obrigada pela elucidação a nós Portugas que te lemos :), eu pessoalmente leio-te com muito gosto
E assim sendo , ficarei á espera da 2ª parte,hoje não com o cintilar das estrelas( chove e está muito nevoeiro), mas a pensar nesta lindas palavras de uma pequena grande estrela:)))
Beijo muito grande e noite linda!
(*)

O Sibarita disse...

Olá! De alguma forma todos nós algum dia deu bom dia a cavalo, faça fé!

Ótimo texto.

abraços
O Sibarita

Letícia disse...

"quem conversa demais dá bom dia a cavalos" - adorei.
Eu sou uma pessoa do tipo "bom dia a cavalos". Falo demais e me simpatizo muito com os referidos animais...
A propósito, seu blog é ótimo
Beijos!

Gabriele Fidalgo disse...

Estamos todas(os) curiosas(os)s para ler a 2º parte!
Aliás, você deve saber bem como
as mulheres são curiosas! haha

E eu já estou imaginando o desfecho dessa história, enquanto sinto o cheiro da pipoca [doce].


Beijos

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Meu querido... ainda bem que estás desse lado do atlantico....

já te imaginava a estudar os meus dias:D

Enfim...gostei da explicação para os lusitanos:)

E adoro os teus comentários audaciosos!

Até à parte II!!!

beijinhos mil

pin gente disse...

hum! não é elementar, meu caro oliver!
vou trocar o ditado e dizer "a curiosidade aguça a pesquisa"
e sei que posso dizer... voltarei para lhe tirar o chapéu!
um abraço
luísa

Andreia do Flautim disse...

Espero que a tua passagem de ano também tenha sido boa!

Luíza disse...

helloo. bem adorei essa descrição toda sobre a S.
Beijoss

Adriana disse...

Oi meu amigo, tentei enviar um comentario mais cedo so que nao deu certo, voltei agora.
este ano vai ser maravilhoso pra todos nós
bjssssssss

AcidoCloridrix disse...

Esse teu texto está fantástico,,, revela, e de que maneira, um homem apaixonado,,, e isso é raro nos tempos que correm,,, um abraço amigo,,, HCL

su disse...

Passei para reler...porque o que é bom deve ser repetido...
Lembrei-me também de outro autor que fala tão bem nesta questão das almas gêmeas: Marc Levi! :))
Óptima música jazz...parabéns! :))

Beijos em fio aqui da Teia.

Anônimo disse...

Olá Oliver!

Bem...Gostei muito do texto,fiquei empolgada por saber o fim da história mas no finalzinho percebi q temos a segunda parte!rs...Então voltarei para saber o desfecho ok?

Aproveito pra te convidar a aparecer no meu Avesso(meu blog)tenho novidades!Vc e quem quiser mais aparecer por lá ok?

Super beijos e parabéns(vc escreve mesmo muito bem!)

Maria Dias

Maria Dias disse...

Meu endereço abaixo:
http://avessodoavessodoavesso.blogspot.com

PoesiaMGD disse...

Eu devo falar pouco... o facto é que nunca me ocorreu cumprimentar um cavalo!
Um belo texto!
Um abraço

nuvem disse...

Para dizer a verdade, não sei quem será mais admirador de quem... eu também adoro os seus textos e sou freguesa assídua do seu "estabelecimento" :)

Mais uma vez, adorei. Uma amálgama de ingredientes que habilmente combinas para criar uma obra fantástica. Parabéns. E aguardo o final... um Beijo

Estava Perdida no Mar disse...

Por vezes estou perdida sim. Sem bússola, sem direção, remando contra a maré, mas no mesmo ponto geralmente me encontro e volto ao caminho da nova rota.
Ah...já te disse que seus comentários no meu blog me encantam? Pois é..adoro.

MIMO-TE disse...

A tua escrita prende-me! E depois fazes estas coisas terriveis de cortar o texto. Será que ficas-te ofuscado com esses olhos brilhantes e cumprimentas-te o cavalo? isso era trágico....

Volto para te ler :)))


Miminhos meus

Luís Galego disse...

aguardo com expectativa a parte n.º 2...

Jorge Elias disse...

Olá Oliver,

Muito espirituoso!
Boa aquela mensagem que deixaste em meu Blog.
Já que gosta de teoria, segue outra:

Nós, amantes de literatura, buscamos nossa endorfina no orvalho das páginas e dos Blogs.

Um abraço.

Silvia disse...

vou esperar a 2ª parte pra comentar, bom dia a cavalo eu ainda não dei, mas dou bom dia aos meus gatinhos todos os dias, o pretinho e a petitinha.rsrsrs
vc descreveu tão bem o parque de diversões que me senti lá. ai que saudade de algodão doce, ou seria: algo tão doce?
bjs

Bridget Jones disse...

Quero logo saber o desfecho disto aí...

Tenho sentido sua falta lá no nosso consultorio! O que tem feito Dr Oliver? Está endoidando por aí e nos deixa sem seus comments tão importantes? Volte, Dr Oliver...

Inclusive, tem caso novo lá!

Fátima disse...

Amigo Oliver,

Por acaso já me cruzei com cavalos, na rua, mas sinceramente nunca me lembrei de os cumprimentar. Vou estar mais atenta.
Este texto mais uma vez muito interessante, gostei da observação feita pela avó (acho que tem razão).
Vou voltar para a parte 2.

.-) beijo

isabel victor disse...

Li.
Vou lendo ...

Passageira frequente.
Delicio-me ...
Como no cinema

" algodão-doce multicor, pipoca e luzes "

Um Beijo de letras ( conheces a sopa de letras, caro Pickwick ? Nome sonante ! )

Thais G. disse...

A meu filho, eu que tanto falo que nem matraca doida, ja devo ter dado bom dia a muitos cavalos....

Mas enfim, passei aqui porque andei ausente desse mundo blogal durante uns dias, e nao pudia deixar de lhe desejar um feliz 2008com direito a tudo do bom e do melhor!

abraços!

Ana S. disse...

Oi Oliver!
Eu como não sou de falar muito nem de escrever adoro ler histórias!
Gostei do seu texto.
Beijos

Luisa disse...

Muito obrigada pela visita e pelas palavras deixadas. Fico contente por gostares do meu blog que não tem pretenções a ser nada mais do que um simples entretenimento.Também o teu é um entretenimento mas num grau muito superior. Ficamos sempre presos à tua narrativa, à espera do que irá acontecer, quando divides os teus contos em capítulos. Fico a pensar: o que terá acontecido à menina de olhos azúis e o que terá isto que ver com o cavalo? Grande expectativa!!!!

cosmic girl disse...

Adorei o texto... estou ansiosa pela continuação!
Só por curiosidade, aqui à beira rio, de tempos a tempos, a polícia ainda passa a cavalo!!!É uma imagem que eu adoro, eles a cavalgar naqueles bonitos animais brancos na margem do Rio Douro, com a ponte de fundo... lindo, lindo!
obrigada pela visita ;)

Maria Clarinda disse...

Adorei o teu blog!!!!Passei momentos maravilhosos nele. Obrigada pela tua visita, eu vou ficar à espera da segunda parte do teu post.

Evita Perón disse...

Hahahah que belezinha de post!
Bem, eu nunca dei bom dia ao cavalo, mas confesso que falo com alguns às vezes. Eu adoro cavalos, apesar de nunca ter andado em um por pura falta de tempo, pois no meu serviço tem vários cavalos, uma hípica e tudo mais (sim, é um hotel fazenda hehe).
E eles são lindos.
E também quase não se vê mais homem de chapéu (eu não lembro de nenhum na última década), outra coisa triste pois usar chapéu era um charme.
Quando a Srtª S, com certeza ela iria estar lá :)
beijos!

Anônimo disse...

Por acaso os cavalos sõ um dos animais que mais adoro ,mas por acaso nunca lhes disse bom dia :) uma linda historia que voltarei para ler o final .
nos links do meu blog tá lá o meu hi5 se quiseres dá uma olhada e por acaso agora me lembrei que acho k ainda nao te linkei ,mas vou verificar e se não tiveres lá vou-te linkar
Que tudo na tua Vida Brilhe
Como os teus Olhos,
Sê maravilhoso
Como o teu Coração,
é Lindo como tu."
++▄██▄+++▄██████▄+++▄██▄+++
+██████+██████████+██████+
+████████████████████████+
+███████ para ti ██████+++
++██████████████████████++
+++████████████████████+++
+++++████████████████++++++
+++++++████████████++++++++
++++++++++++██++++++++++++++
++▄███▄+++++██+++++▄███▄+++
+███████++++██++++███████++
++███████+++██+++███████+++
++++██████++██++██████+++++
++++++█████+██+████++++++++
*Hoje eu mandei um anjo te vigiar,
Mas ele Voltou Rapidinho.
e Eu Perguntei o que tinha Acontecido
Foi então Que ele me Falou:
“que um anjo não pode vigiar outro“

Bjinhos...
********Carla Granja
paixoes e encantos

RedLightSpecial disse...

Eu já me cruzei com alguns cavalos e éguas nesta vida... por acaso já!
:P

Mary West disse...

Oh não vou negar que hoje foi um dia de duas belas emoções, a primeira pelo seu tão belo comentario em meu humilde blog e a segunda por descobrir que vc também um escritor! Adorei o texto, também visitarei aki mais vezes, eu prometo.

Obrigada mesmo, não é sempre que coisas tão agradaveis acontecem nesse planeta. ;)

Mary West disse...

Oh tudo bem, sempre achei q era a Greta Garbo, todas lindas e eternas do mesmo jeito.

mariamarujo disse...

adorei a sua avó.. adorei as suas palavras e apesar de não ter alma gémea, espero pela segunda parte.
cassamia

manuela disse...

Ai ai, está quase chegando a sexta-feira.
E ou muito me engano ou este mulherão todo está em pulgas para ler o segundo capítulo??
Eu já roí as unhas todas.
Já vou nas dos pés.
Eheheh.

Beijinho

Manuela

Ana D disse...

ahhhh estas reminiscências amorosas nos fazem ter uma lágrima discreta no canto dos olhos rsrs...Quanto ao provèrbio, eu me encaixo literalmenete nele, eu falo com cavalos, gatos, cães, pôneis...rsrs Eu amo tanto os animais que bato papo com eles, além de falar demais, é lógico rs...

subby disse...

e se o amor já é tanta luz, tão mais iluminado fica com uns olhos bem azuis.
faz um samba mistura dentro da gente.
e é bem melhor quando é infindo.


que texto mais lindo.
obrigada pela sua visita..
adorei o comentário.
estarei aqui mais vezes.
feliz 2008!
muita paz.

efeneto disse...

...venho deixar um abraço de agradecimento pela visita...tal com já disse, e com medo das surpresas comento no fim...amanhã é sexta. Vou entrar já em meditação pois para vir aqui é necessário três coisas....tempo, pensamento limpo e espirito aberto.
Abraço.

gabriela r martins disse...

psiu!

não
é
tempo
de
regressar
à
escrita?

deixe.se
de
preguiça
seu
moleque!

minha
curiosidade
me
mata




um beijo ,O!!!!!!!!! do ponto G
[eheheheheheheeheh]

Carla Costeira disse...

Olá :)

Escolhi o seu blog para um dos 7 "Diz que não é mau blog"
Convido-o agora a escolher os seus!

Beijinhos :)

BANDEIRAS disse...

A gente tem que pegar ficha para fazer commente aqui, mas vale a pena.
Eu continuo apaixonada e roxa de felicidade.
É carnaval.
abs

Nadezhda disse...

Obrigada pelas dicas da postagem! Eu não me lembrava qual era o 'código' que usava antes, no blogger, mas era o "br", que eu confundia com o "b". Ajudou bastante sim!

Adorei seu blog. Os posts são longos, e dá 'gosto de ler'. Porque muitos blogs são longos e cheios de nada! Se não se importar, vou te linkar, tudo bem?

E vivo falando, cumprimentando cachorros. ontem mesmo descendo a rua de casa, olhei pra uma cadela e disse: "Oi, Lady!"

Beijo ;)

Diva disse...

DEVOREI-TE!!! Hahaha...pouco mais tenho que dizer, mas sabes sou ansiosa e sem ler a segunda parte nao sossego :)
Bjs meus

efeneto disse...

A árvore esconde-se do vento
contra o muro
roído pelo tempo
cansado de sol.

As folhas escolhem o chão
secas de respirar
e a cal do muro
vive as horas
que a árvore lhe encosta.
A árvore e o muro
sabem da música do vento
e do respirar das pedras.
No frio do Inverno lhes desejo
Um quente fim-de-semana.
efeneto

[Abraço. Perfeito os seus comentarios. Unicos. Obrigado. Hoje é sexta.]

Blue Velvet disse...

Não é hoje que aparece a 2ª parte?
Hum...
Jinhos

São disse...

Meu querido amigo, que malvadeza!
Estou aqui roendo as unhas até ao cotovelo para saber do seu encontro amoroso ...e nada!!
Por favor, desate depressa esta ansiedade!
Um grande abraço!

O Sentir dos sentidos disse...

Olá Oliver,
Não fui a primeira a comentar este delicioso post, mas estou sendo a de numero 100, o que já é um marco não? Nossa!!! Como pode ainda me pedir para não te levar a mal? Seus comentários meu caro, são verdadeiros ensinamentos, e me fazem muito feliz...pois vejo que realmente nos lê, e procura sempre nos incentivar de maneira educada e amiga.Adoro quando vem cá certo?

Mas que família heim Sr.Oliver? Ainda bem que tem voce, um verdadeiro ESCRITOR, para nunca deixar morrer esta "lenda viva"...rss, e estou já ansiosa por saber o desfecho desta bela história de amor/humor com a senhorita olhos azuis..rss;Ainda bem que hoje é sexta feira, pois não precisarei roer as unhas...voltarei aqui para ler o final que espero seja feliz.
Ai deixa eu sair daqui correndo, pois sinto que já estou começando dar bom dia à cavalo...ihhhhhh!!!!!!
Beijo,

Bárbara disse...

oie!
vlw pela visita e volte sempre, claro q não me importo, pelo contrario.
adorei seu blog.

bjuzz...

A Túlipa disse...

Observarei o tilintar =]

Alice Matos disse...

Fantástico, como sempre...

Agora passo ao próximo, pois a frequência com que posso vir à net não me deixa outra possibilidade senão ler TRÊS postes teus de seguida...

Mas... Vale a pena!

Volto já...

Rain disse...

Que inspirado estás hoje!
Será o amor a fonte máxima de inspiração?
Parece-me que sim.
Beijinhos e vou já ler a continuação!!

AURORA ( LOLA ) disse...

Bom já li a 1 parte e a 3 parte,rsrsrs agora vou voltar para ler a 2 parte ,bjs

O brigado pelas visitas, fico esperando você mais vezes por lá.

Noslen ed azuos disse...

Esta história me fez lembrar uma amiga C., uma noite dessas que esrtavamos 'praládebagda' alegres e festivos, além de 'comprimentá',trocou umas ideias e lascou um beijo na cara do cavalo...nos leva a acreditar q a paixão e a bebedeira tem tudo haver e em comum o cavalo...

- estou tirando semelhanças precipitadas, falta ler a segunda parte...
abraços.
NS

Lusófona disse...

Bonito texto, meu amigo!!

Fez até lembrar-me daquela canção:

"Foi assim, como ver o mar, a primeira vez que os meus olhos se viram no teu olhar"...

Seu romântico ;)

Bjs

Å®t Øf £övë disse...

Pickwich,
Vim deixar-te um abraço.

Sr do Vale disse...

Surpresa.

日月神教-任我行 disse...

AV a片 AV女優 成人 情色 色情 聊天室 ut聊天室 AV 色情 a片 AV女優 聊天室 情色 成人 ut聊天室 AV 色情 a片 AV女優 聊天室 成人 情色 ut聊天室 AV 色情 a片 AV女優 SEX 成人 情色 聊天室 ut聊天室 AV a片 AV女優 成人 聊天室 情色 色情 ut聊天室 視訊聊天室 偷拍 免費a片 視訊聊天室 免費影片 免費影片 做愛 做愛 視訊聊天室 免費a片 免費影片 做愛 視訊聊天室 偷拍 免費a片 免費影片 視訊聊天室 免費影片 免費a片